Descontos nos comboios (CP) para quem tem pelo menos 60% de incapacidade

Escrito por Pedro Andersson

19.05.19

}
6 min de leitura

Publicidade

Descontos na CP para quem tem 60% (ou mais) de incapacidade

Continuo a perceber que há (pelo menos na lei e no papel) vários benefícios para os cidadãos com pelo menos 60% de incapacidade. Fiz recentemente várias reportagens e artigos no blogue sobre um tema tão desconhecido de milhares de portugueses.
Os leitores e espectadores são extraordinários. E continuam a contactar-me com mais detalhes e novas informações que desconhecia enquanto cidadão e jornalista, porque (felizmente) até agora nunca necessitei de investigar estes temas.
Uma dessas pessoas foi a Ana Nilo que numa breve mensagem no Facebook do Contas-poupança alertou que a CP faz descontos a quem tem Certificado de Incapacidade igual ou superior a 60%. Fui de imediato investigar. Basta ir ao Google. Está tudo com detalhe na página da CP (os dados seguintes são da própria CP). Mais abaixo tem os links diretos até para comprar os bilhetes e fazer as marcações para ter este apoio.

Desconto para Clientes com Necessidades Especiais

Desconto de 75% para si e 25% para o seu acompanhante nas viagens de comboio

Trata-se de um acordo celebrado entre a CP – Comboios de Portugal e o INR – Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P. com o objetivo de minimizar as dificuldades de mobilidade dos Clientes com autonomia condicionada. Este acordo permite às pessoas portadoras de deficiência, com um grau igual ou superior a 80%, usufruir de um desconto de 75% sobre o valor da tarifa por inteiro, aquando da aquisição do título de transporte, em Turística/2ª classe. Estes Clientes poderão ainda usufruir de um bilhete para acompanhante, emitido com um desconto de 25% sobre o valor da tarifa por inteiro, válido para o mesmo comboio, classe e percurso.
Permite ainda a aquisição de bilhetes com 20% de desconto, às  pessoas portadoras de deficiência igual ou superior a 60% e inferior a 80%, em viagens a efetuar em qualquer percurso.

Serviços CP: Alfa Pendular | Intercidades | Regional e InterRegional | Comboios Urbanos de Lisboa | Comboios Urbanos do Porto | Comboios Urbanos de Coimbra

Acesso personalizado ao comboio

Assumimos o compromisso de garantir ao CNE o acesso ao transporte ferroviário, nas estações e comboios que o permitam.

Criámos a figura do Conselheiro para o Cliente com Necessidades Especiais, com o objetivo de reforçar a confiança destes Clientes numa ótica de melhoria contínua dos serviços prestados pela empresa.
São funções prioritárias do Conselheiro para o Cliente com Necessidades Especiais, desempenhadas pelo Senhor Tenente Coronel António Neves, assessorar a empresa em práticas que defendam e promovam a acessibilidade aos serviços da CP por todos os cidadãos com necessidades especiais, contribuindo para a inventariação dos obstáculos de acesso e definindo prioridades na adoção de medidas que tornem a mobilidade um direito adquirido.
Contatos:
[email protected]
CP – Comboios de Portugal
Calçada do Duque, n.º 20
1249-109 Lisboa
Portugal

O Serviço Integrado de Mobilidade

O SIM é um serviço orientado para servir Clientes com Necessidades Especiais (CNE).
(NOTA MINHA: os telefones seguintes são pagos e bem pagos. Sugiro que reclamem junto da CP para o e-mail acima que disponibilizem um número que seja da rede fixa ou grátis. Não se justifica a CP ter um telefone 707 para pessoas com necessidades especiais que já têm dificuldades económicas. Não faz sentido. Se calhar nunca ninguém reclamou…)
O Cliente com Necessidades Especiais, pode obter informações, através de linha telefónica (+351) 707 210 746 *(707 210 SIM), que se encontra disponível 24 horas por dia, todos os dias do ano, nomeadamente sobre:

  • Acessibilidade aos comboios da rede CP;
  • Acessibilidade aos equipamentos como Máquinas de Venda Automática de bilhetes e aos pontos de venda disponíveis para aquisição de bilhetes;
  • Condições comerciais específicas para pessoas portadoras de deficiência;
  • Conselheiro para o Cliente com Necessidades Especiais;
  • Outros canais disponíveis para obter informação ou para envio de sugestões;
  • Ajudar a planear a viagem nas melhores condições de conforto e segurança, sugerindo a origem/destino e os comboios com acessibilidade;
  • Como solicitar assistência no embarque, durante a viagem e no desembarque;
  • Registar a requisição do SIM.

* 0,10 €/min – rede fixa | 0,25 €/min – rede móvel + IVA. Chamadas a partir do estrangeiro têm o custo de uma chamada internacional.
Para mais informações consulte o Manual de Procedimentos SIM.

Para solicitar assistência no embarque e no desembarque, deverá requerer obrigatoriamente o Serviço. Esta requisição pode ser feita através da Linha de Atendimento ou através de correio eletrónico:

  • Via telefone – (+351) 707 210 746 *(707 210 SIM), tem um custo de 0,10 €/min – rede fixa | 0,25 €/min – rede móvel + IVA. Chamadas a partir do estrangeiro têm o custo de uma chamada internacional.
  • Via Formulário de Requisição SIM

A requisição via formulário, será recebida e analisada pelos serviços da CP, que posteriormente entrarão em contacto com o Cliente informando a possibilidade ou não de prestar o SIM. Qualquer pedido carece sempre de análise e confirmação, sem a qual a CP não garante a prestação do Serviço.
Para mais informações consulte:

E quem não tem incapacidade?

Tem AQUI o link para TODOS os descontos na CP. Veja se algum lhe pode ser útil. às vezes compramos os bilhetes sem vermos antes de podemos comprar exatamente a mesma viagem mas mais barata.

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Se quiser um resumo claro e prático das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI abaixo.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PODCAST | #216 – Vamos a contas | Quase não fiz descontos para a Segurança Social, qual vai ser a minha reforma?

Esta ouvinte do podcast (que quer ficar anónima) tem apenas 29 anos de descontos para a Segurança Social. Trabalha muito e recebe o seu salário, mas os "patrões" recusam-se a fazer descontos para a Segurança Social. Ela tem 64 anos e está muito preocupada com a...

Arrendamento | Rendas acessíveis alargadas a quem tem rendimentos mais altos

Limite de rendimentos máximos anuais para aceder a apoios ao arrendamento foi alargado para abranger mais cidadãos O valor máximo de rendimento anual para aceder ao Programa de Apoio ao Arrendamento foi aumentado, de acordo com uma portaria publicada em Diário da...

EURIBOR | Taxas sobem a três e 12 meses, mas baixam a seis

Euribor subiram hoje a três e 12 meses, mas recuaram no prazo de seis meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (19 a 25 de fevereiro)

Qual deveria ser o preço "certo"? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

EURIBOR | Taxas Euribor sobem em todos os prazos

Euribor subiram hoje a três, seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua...

Segurança Social | Atribuição do Abono de Família já é automática

Segurança Social passa a atribuir automaticamente o Abono de Família, logo após registo do bebé na maternidade Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Desde a passada sexta-feira, 16 de Fevereiro, o Abono de Família passou a ser atribuído automaticamente pela...

BURLAS | Não atenda telefonemas do “Banco de Portugal”

Banco de Portugal alerta para telefonemas fraudulentos que imitam o seu número telefónico O Banco de Portugal emitiu um alerta sobre chamadas telefónicas feitas por indivíduos que dizem ser seus colaboradores, usando um sistema que imita o número de telefone do BdP,...

Remuneração | Aumento real dos salários em 2023 foi de 2,3%

Salários subiram 6,6% em 2023, mas os ganhos reais para os trabalhadores foram apenas de mais 2,3% Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes O Instituto Nacional de Estatística (INE), revelou recentemente que o valor dos salários em 2023 aumentou 6,6% em termos...

EURIBOR | Taxas Euribor descem a três meses e sobem nos prazos de seis e 12

Euribor desceu hoje a três meses, mas subiram a seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto...

PODCAST | #215 – Como receber 750 € “grátis” para fazer um curso de formação na área digital

Qualquer trabalhador em Portugal pode receber 750 euros para fazer um curso de formação na área do digital. E se fizer a candidatura já, pode repetir mais 750 € no ano que vem. Chama-se Cheque Formação + Digital e no episódio desta semana explico-lhe quem tem direito,...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

9 Comentários

  1. Pedro Costa

    Eu tenho uma deficiência de 77% tenho desconto de 20% mas nos passes pago o dobro de quem paga só 40 euros!!!!!! Anda uma Pessoa com deficiência ter desconto em bilhetes e nos passes andar a manter os outros???? Isto e uma injustiça social!!!!!!!!

    Responder
  2. Ricardo Carvalho

    Boa tarde Pedro
    Sei que não é o local (artigo) indicado para a questão que vou colocar, mas como não sabia onde o fazer, aqui deixo a minha questão:
    Faço diversos cursos e formações online, o valor pago pode ser colocado no efatura como despesas de educação?
    Aproveito também para lhe dar os parabéns pelo site e por disponibilizar toda a informação que contém.
    Muito Obrigado.

    Responder
  3. Armando

    Se tiver incapacidade entre 60% e 80% mas tiver 65 ou mais anos mais vale optar por esta, porque o desconto é de 50%.

    Responder
  4. André Bessa

    Gostava de saber o porquê de um título enganoso? Os descontos são para pessoas com um grau de incapacidade superior a 60% não como diz no título. N

    Responder
    • Pedro Andersson

      Permite ainda a aquisição de bilhetes com 20% de desconto, às  pessoas portadoras de deficiência igual ou superior a 60% e inferior a 80%, em viagens a efetuar em qualquer percurso.

      Responder
  5. Amândio Martins

    Boa tarde Pedro Anderson, antes de mais, deixe-me felicitá-lo pelo seu belíssimo trabalho. Você está a ser um “fora de série” e estará a ser um “anjo da guarda” e um “Salvador” para muitas pessoas e/ou famílias que infelizmente têm necessidade deste tipo de apoios.
    Delirando agora um bocadinho em torno disto tudo, ressalta uma questão: Antes do Pedro Anderson, que destino estavam a ter esses milhões€? Estarão guardados nalgum Peto? Se for assim, estará resolvida a “geringonça”. O governo estará rico. Se assim não for, então estamos mesmo mal com os serviços do estado e poderá estar aqui uma parte da justificação para a elevada abstenção verificada nos atos eleitorais. À moda do Português, quem não nos “serve” também não é “servido”.
    Por fim, dizer que, é uma pena termos estes tipos de registos em pleno século XXI, numa sociedade que se diz “evoluída”.
    Um abraço de reconhecimento ao seu trabalho.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Obrigado Amândio. Descontando o exagero do seus elogios, o que posso dizer em minha “defesa” é que 95% da informação que transmitimos é pública. É só procurar. Concluo duas coisas: uns não divulgam; outros não procuram. É a receita perfeita para um bolo muito mal cozido. Temos de ser mais proativos e sobretudo conhecer e insistir nos nossos direitos quando temos a certeza de que temos razão. Abraço.

      Responder
  6. Rita Camacho

    Os descontos na CP, são só para bilhetes? E o passe? Tal como eu há pessoas com 60% de invalidez e que têm de ir trabalhar todos os dias e não vão com bilhetes, vão com passe. Não há descontos?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.