VÍDEO – As coberturas desconhecidas do seu seguro automóvel


O seu seguro do carro segura mais do que pensa…

… mas as seguradoras não o lembram disso. Tem de ser você a saber e a lembrar-se de que está a pagar por um serviço que lhe pode ser muito, mas muito útil quando mais precisar. Vamos por partes.

Muitos de nós pagamos seguros e nunca os chegamos a usar porque nem sabemos que existem. Se tem um seguro automóvel, há uma cobertura que pode usar em caso de emergência que o pode ajudar a poupar centenas ou até milhares de euros, mesmo que tenha deixado o carro em casa. É a assistência em viagem.

Mas isso não é só para o reboque do carro?

Não. Veja este exemplo. Em 2012, Rui Rodrigues estava de férias numa estância de ski em Andorra. Ele, a família e uns amigos foram de autocarro. O carro ficou em Portugal. No penúltimo dia de férias, depois do jantar, Rui começou a sentir-se mal. Chamaram o 112 e foi para um hospital particular em Andorra, onde lhe diagnosticaram um tumor na cabeça. Ele era saudável e nunca suspeitou. Podia ter acontecido a qualquer um de nós.

Rui esteve internado 2 dias. A situação seria grave em qualquer circunstância, mas neste caso foi pior por estar no estrangeiro. Felizmente, a mulher de Rui percebe de seguros e ligou para a seguradora do carro que, sublinho, ficou em Portugal.

A assistência em viagem do seguro do carro pagou todas as despesas que Rui teve no estrangeiro, incluindo o transporte em ambulância com enfermeiros de Andorra para Portugal. Também pagaria o hotel da mulher de Rui, mas não foi necessário porque ela dormiu no hospital.

A assistência em viagem é para si e não (só) para o carro

Esta cobertura de despesas médicas, alojamento e bilhetes de viagem em caso de acidente ou doença só pode ser usada quando está no estrangeiro. Mas pode acontecer a qualquer um de nós ou a um familiar nosso.

É importante saber que também inclui os acompanhantes, se a família estiver junta. Porque os imprevistos acontecem. Por exemplo, pode torcer um pé na piscina no hotel em Cabo Verde ou no Brasil. Ou pode apanhar uma gripe em Nova Iorque ou Paris. Ou pode desmaiar sem razão aparente em Madrid ou Berlim.

Os portugueses viajam cada vez mais, seja em trabalho, seja em férias.É nessas alturas que deve lembrar-se dos papéis que tem na gaveta. e não se esqueça que por vezes pagar mais 1 ou 2 euros de seguro (para ter uma cobertura melhor) pode fazer muita diferença.

O base ou o VIP?

Quando contrata um seguro do carro vem sempre a Assistência em viagem, mas mesmo aí para poupar uns cêntimos pode escolher o mais barato. Mas depois o valor que o seguro paga em caso de o acionar pode ser muito baixo ou nenhum. Por exemplo, quando preparava esta reportagem que pode ver em vídeo na página da SIC Notícias (tem o link mais abaixo), verifiquei que um colega meu tinha na apólice uma Assistência em viagem “Light”, ou seja, nas letras miudinhas dizia que era só em Portugal continental. Se tiver um problema no estrangeiro, o seguro não paga NADA. Leia a sua apólice antes de ir de férias este ano.

Pode ser a sua salvação em férias

Como acabou de ouvir, o seguro de assistência em viagem que paga juntamente com o seguro do carro é para a pessoa e não apenas para o veículo. Se paga, convém que saiba que o pode utilizar se precisar. Leia o documento que lhe deram quando fez o seguro do carro.Tem esse documento em casa ou no seu e-mail. Cada caso é um caso. Tem de ler o que contratou.

Se viaja com filhos menores, e eles precisarem de cuidados pode também acionar o seguro. O seguro pode pagar a viagem de alguém para ficar com os seus filhos.

Mas há outras situações igualmente graves que podem ser cobertas pelo seguro de Assistência em Viagem. Se estiver fora do país e morrer um familiar seu, o seu seguro do carro pode pagar a viagem de avião de regresso. Se tiver um incêndio ou inundação em casa enquanto está no estrangeiro, o seguro pode pagar a sua viagem de regresso.

Tem de ligar antes de fazer qualquer despesa

Mas há uma regra que não pode esquecer. Tem de ligar logo para o seguro. Não pode apresentar as despesas depois. A excepção é se estiver inconsciente. Deve contactar a seguradora o mais depressa possível para serem eles a tratar de tudo. Se apresentar as despesas depois quando chegar a Portugal, a seguradora não vai aceitar.

Rui apanhou um grande susto. Felizmente recuperou. Em todo o caso, a preocupação financeira que podia atrapalhar ainda mais uma situação que já era em si grave, não chegou a acontecer porque neste caso, o consumidor conhecia os seus direitos e acionou o seguro. Faça uma listagem de Todos os seus seguros e as respectivas coberturas. E leve sempre uma foto do número das suas apólices no seu telemóvel ou guardadas no e-mail quando viajar.

Esta reportagem é importantíssima porque acho que quase ninguém sabia disto. Pode ver o rever a reportagem em vídeo desta semana do Contas-poupança aqui:

https://sicnoticias.pt/programas/contaspoupanca/2019-02-27-Como-poupar-centenas-de-euros-numa-situacao-de-emergencia

É daquelas coisas que era bom que nunca precisasse delas, mas já que existem e que as paga, se um dia precisar lembre-se que as coberturas da Assistência em viagem vão muito além do reboque. Consumidores informados estão melhor protegidos.

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Se quiser as dicas financeiras essenciais que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI abaixo.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

 



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.


4 comentários em “VÍDEO – As coberturas desconhecidas do seu seguro automóvel

  1. Avatar
    Diogo Camacho Reply

    Obrigado Pedro,

    Estou a passar por uma situação idêntica neste momento, no entanto gostava de esclarecer uma dúvida, pois acho que a assistência em viagem não está a agir em conformidade, neste caso tenho 2 automóveis e ambos com seguros de seguradoras diferentes, ambos foram acionados e neste momento estão apenas a cobrir o alojamento para o acompanhante como se fossem apenas um, ou seja a garantia dada por cada um é de 40 euros noite / máximo 400 , como são dois seguros este valor não deveria ser multiplicado por dois ? É que a assistência em viagem apenas está a cobrar o máximo de 400 euros, nem dá para uma semana de estádia em Londres, e neste caso o meu pai continua internado pois teve um ataque cardiaco durante as nossas férias de 5 dias.

  2. Avatar
    Engeniy Reply

    Falando de seguros. A minha querida seguradora, nem se quer me deu o carro de substituição nem valor diario de provação de uso, por furto do meu veículo. Ja passaram mais de 80 dias e o veículo não foi encontrado pela policia. E nem se quer me indemnizaram ainda. Alguns deles são mesmo ladroes.

  3. Avatar
    Francisco Baptista de Gouveia Reply

    Obrigado Pedro,
    Todas as reportagens a descobrir novas coisas que nunca ninguém explica ao consumidor quando as contrata ou adquire, nem o proprio VASCO DA GAMA (atencao, o apelido não confundir com ninguém que nos governe ou represente como cidadaos…lol) descobriu tanto em tão pouco tempo…lol
    Obrigado pelo excelente e muito importante trabalho que o Pedro desenvolve em prol de todos nós…
    Cumprimentos a todos, Chico…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *