Atenção à sua fatura de TV+NET+VOZ

Escrito por Pedro Andersson

03.02.19

}
6 min de leitura

Publicidade

Há quanto tempo não olha para a sua fatura?

Faço-lhe esta pergunta porque por ter olhado (mais uma vez) para a minha fatura de TV+NET+VOZ acabo de poupar 53 euros ou 196 euros (depende da perspectiva). Confirme também se está a poupar ou a deitar dinheiro à rua por andar distraído. Já lhe explico todos os pormenores.

A minha fatura de telecomunicações

Primeiro, o contexto. Sou cliente da Vodafone. Como sabe, partilho as minhas experiências enquanto consumidor sem nenhum outro interesse a não ser ajudar os outros a gerirem melhor as suas finanças e a poupar. Dou o meu exemplo, mas deve aplicar esta situação a qualquer outra empresa que tenha contratada. Já fui cliente da NOS, (nunca aconteceu ser cliente da MEO ou da NOWO) mas até agora tem sido a Vodafone a fazer-me sempre os melhores preços para o que pretendo enquanto consumidor. Se alguma outra empresa me fizer melhor e mais barato sou todo ouvidos. Não me sinto “casado” com nenhuma marca.

Posto isto, confesso a minha desilusão desta vez com a Vodafone porque não me contactaram antes de ter terminado o meu período de fidelização de 2 anos. Creio que há 2 anos (espero não estar enganado) me contactaram previamente a sugerir um novo período de fidelização com uma proposta que depois fui comparar com a concorrência e de facto era uma boa proposta e aceitei ficar mais 2 anos.

Pois bem, desta vez terminou o meu período de fidelização e eu não me apercebi. Felizmente tenho este bom hábito de abrir o e-mail e ver o valor das faturas para ver se há alguma coisa estranha. E de facto, numa fatura que eu esperava que andasse por volta dos 60 euros, de repente aparece-me este valor da fatura abaixo de quase 80 euros! Esse valor é uma enormidade para mim e por isso fui ler a fatura ao detalhe, linha a linha.

 

O que descobri?

Descobri que os descontos no Pack TV Plus e da Box com gravador que tive durante dois anos terminaram e a Vodafone não disse nada. Portanto, se eu não estivesse atento e desse por essa mudança, estaria a partir de Dezembro a pagar 46,30 € por mês em vez de 34,34 €. Esta é a fatura que recebi em Dezembro. Como podem ver, os descontos simplesmente desapareceram…

O que fazer

Contactei imediatamente o apoio ao cliente da minha operadora. Confirmaram-me que os descontos tinham terminado após o fim da fidelização. Estavam dispostos a dar-me novos descontos se aceitasse ficar fidelizado mais 24 meses. Para mim, essa situação (por enquanto) é normal. É a única maneira que encontro de ter descontos. Bem ou mal, é o que é. Se souberem de outras maneiras digam.

O que consegui após alguma negociação?

Esta foi a resposta: vou ficar a pagar menos do que nos 2 anos anteriores. Mais uma vez fica provado que é possível pagar menos pelo mesmo serviço. Vou ficar EXATAMENTE  com o que tenho atualmente e ficar a pagar a pagar 29,90 € (com IVA) em vez dos 34,34 que estava a pagar. Vou portanto poupar 53,28 € por ano, em comparação a 2018. Acabo de aumentar o meu “ordenado” anual em 53 euros (são 118 litros de leite de “graça”, na moeda do Contas-poupança).

Mas se pensar na perspectiva do Pedro Andersson “distraído”, estaria a pagar 46,30 por mês (caso não tivesse o cuidado de olhar para a minha fatura com detalhe). Nessa situação, estaria a PERDER 196,80 € por ano devido à minha preguiça e inércia. Estamos a falar de quase o valor do meu seguro do carro. Isto é um assunto sério.

Uma nota importante

Os preços podem variar muito de acordo com os serviços que quer e da empresa que os presta, da fidelização que está disposto a aceitar, da localidade e das características técnicas disponíveis na sua zona. Há profissões – e empresas – que têm “direito” a descontos especiais (não me perguntem porquê). Portanto, os valores que mencionei são apenas indicativos para si, embora sejam os meus reais. Pode ligar e podem dizer-lhe que para si não dá para fazer estes preços. Dê-lhes luta. Pode também acontecer que haja por aí pessoas (sortudos!) que têm preços ainda melhores. Maravilha! Partilhem os preços melhores que têm, para servir de bitola para quem está neste momento fora do período de fidelização ou perto do fim. Para não serem levados pela primeira proposta que lhes fizerem. Seja de que empresa for.

Atenção à sua fatura

Em resumo: OLHE PARA AS SUAS FATURAS TODOS OS MESES. Perceba se os descontos que aceitou ainda se mantêm ou se já acabaram e não deu por isso. Pode estar a deitar dinheiro à rua sem se aperceber. Não deixe que isso aconteça!

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA”

34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019.

É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

Se quiser um resumo claro e prático das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”.

É só clicar AQUI abaixo.

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a 3 e 6 meses e descem a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (3 a 9 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PODCAST | #244 -Vale a pena investir em ouro? (A pergunta do Pedro)

Subscreva a nossa Newsletter, para não perder nenhuma dica *Ao subscrever, a informação partilhada será usada de acordo com os nossos Termos e Condições e a nossa Política de...

Jovens vão poder decidir a cada ano que regime de IRS preferem

Opção pelo IRS jovem é anual e poderá ser alterada ou renovada O novo modelo de IRS Jovem aprovado recentemente pelo governo é diferente daquele que ainda vigora atualmente, na medida em que prevê uma redução das taxas do imposto que incidem sobre os escalões de...

Rendas de pessoas deslocadas em trabalho vão poder ser deduzidas

Medida aplica-se a deslocados a mais de 100 quilómetros de casa As pessoas que tenham de ir trabalhar para mais de 100 quilómetros de distância da sua residência habitual e pretendam rentabilizar a sua habitação enquanto estão fora vão poder deduzir a esse rendimento...

Garantia pública extingue-se quando jovens pagarem primeiros 15% do empréstimo

Garantia pública de até 15% aplica-se a casas até 450 mil euros O governo aprovou recentemente uma garantia pública de até 15% para ajudar os jovens até aos 35 anos a conseguir financiamento para comprar casa. Na segunda-feira, ao terminar o Conselho de Ministros...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (27 de maio a 2 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Medicamentos grátis a partir de 1 de junho para quem tem CSI

Publicada em Diário da República comparticipação a 100% em medicamentos para idosos com Complemento Solidário O diploma que estabelece que os idosos que recebem complemento solidário passam a partir de 1 de junho a ter direito a medicamentos comparticipados sujeitos a...

Prazo para pedir devolução de propinas termina esta sexta-feira

Mais de 158 mil pessoas já pediram o prémio salarial O prazo para pedir o Prémio Salarial, que prevê a devolução aos jovens do dinheiro que investiram na sua educação superior, termina esta sexta-feira, dia 31 de maio. Os licenciados e mestres que tenham concluído os...

Publicidade

Artigos relacionados

15 Comentários

  1. João Nunes

    29,49€ na MEO, mas com uma semana de negociações entre operadoras…

    Responder
  2. Flávio Rocha

    Seja qual for a operadora de telecomunicações contratada no regime de fidelização, o ideal será sempre acompanhar o mercado e se possível ligar quando estiver entre 12meses a 6meses para terminar o contrato e pedir para renegociar o contrato. Conhecer produtos atuais, dizer que valor atual está muito alto, dizer que existe concorrência à porta, entre outros costumam ser bons trunfos para conseguir não só o melhor serviço como uma melhor poupança.

    Responder
  3. José Mouco

    Olá Pedro. Tenho o pacote M5O da MEO, e como leio as suas dicas e alertas, estava à espera que acabassem os 2 anos de fidelização para telefonar para o apoio ao cliente para saber o que tinham para me propor ou mudava de operadora para a Vodafone.
    Como já sou cliente (!) mantive o mesmo pacote com mais 4 Gb de net em cada telemóvel (são 2) e velocidade da net fixa de 100 para 200 Mbps, oferta da mensalidade da box (4,99€) e desconto de 10€ na mensalidade.
    Um telefonema de 10 minutos rendeu mais serviço e menos 15€/mês.
    Obrigado pela informação que partilha.

    Responder
  4. Alexandre Sardinha

    Pedro, gostaria que acrescentasses esta informação, numa tripla discussão que tive com a MEO NOS e DECO, foi-me dito o seguinte nenhuma empresa pode baixar de 9 euros altos por serviço (acho que era 9,70 mas n tenho a certeza) ou seja cada serviço tem esse custo se baixarem disso estão a fazer concorrência desleal.
    Outra informação e nesse aspeto “tiveste” sorte, as empresas de comunicação podem sem comunicar nada a ninguem mudar o contrato. Recebeste essa fatura de 80 euros que poderia ser perfeitamente uma mudança de contrato e caso pagasses 2 debitos diretos (ou seja 2 meses sem reparares) significa que aceitaste o contrato e serias forçado a manteres-te por mais 2 anos (1 pagamento apenas caso seja realizado por transferencia bancária e n debito direto). Ou seja é de extrema importancia de facto abrir as cartas/emails e procurar diferenças de preço e os motivos delas. Isto foi-me dito por telefone pela própria DECO.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Têm sempre de comunicar alterações ao contrato… Eu posso é andar distraído e não ler.

      Responder
  5. Nádia

    O meu pai encontra-se fidelizado à NOS, ainda não fez um ano o primeiro contrato e o valor acordado já foi aumentado. Segundo eles trata-se da inflação.
    Liguei para lá a reclamar, mas não consegui nada, dizem que é normal.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Sim, isso está no contrato que assinou (confirme)

      Responder
  6. Sílvia Matos

    Aconteceu-me algo semelhante mas com a MEO. Efetivamente ligaram a propor novas ofertas por se aproximar o final da fidelização. Como ainda faltavam 3/4 na altura, disse que teria que analisar uma vez que me sentia bastante prejudicada por viver no centro de uma grande cidade e não ter fibra. Disseram que me ligariam mais próximo do final da fidelização para que tivesse tempo de tomar uma decisão. Até hoje! Nunca mais ligaram e nunca, em momento algum, alertaram para o facto de que perderia as ofertas a partir do momento em que terminasse a fidelização. Também me apercebi disso olhando para as faturas (a diferença era de mais de 15 euros!). Cansada da forma como as minhas reclamações estavam a ser geridas e do ridículo de ofertas que me faziam para compensar a falta de fibra, procurei outras operadoras e outras soluções. Mudei para a Vodafone. Perdi alguns canais que até gostava, perdi o 5.º serviço que tinha (net móvel) mas ganhei no preço e no produto. Fibra, canais em tvs sem box e mais dados móveis.

    Responder
  7. Patrícia

    Nós negociamos sempre em janeiro, e das 2x que negociamos o contrato da meo, eles foram inflexiveis quanto a ofertas… no nosso caso o problema é que não temos mais nenhuma solução, não consigo meter satélite pois tem que ser do outro lado do prédio, o qual não tenho acesso, e fibra só há com a meo. é a desvantagem de viver numa vila do interior, não há cá vodafone… a nossa solução foi fazer um contrato novo, assim sempre conseguimos poupar 10€ mensais.
    Ainda não consegui perceber se é por negociarmos no inicio do ano que nunca temos acesso a ofertas, pois quem conhecemos tem tido sempre alguns benefícios.

    Responder
  8. Sonia

    29,49 na MEO mas com box?

    Responder
  9. liliana freitas

    provavelmente não foi contactado desta vez por causa da lei da protecção de dados. quando saiu a lei as empresas de telecomunicações contactaram os clientes para confirmar se querem ou não ser contactados para ofertas, se disse que não eles não contactam para renovaçao de contrato.

    Responder
  10. Mafalda

    Na “Vodafone” disseram-me que a box ia ser paga sempre, como posso alterar o mesmo?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Ameaçando mudar de operadora, ou mudando mesmo para quem lha ofereça.

      Responder
  11. Joana Olivei Barata

    O Millennium BCP fez uma parceria com a Vodafone e estará com condições interessantes para novos e actuais clientes. Tudo explicado no site do banco

    Responder
  12. Cláudio

    Tenho Vodafone também há 6 anos. Faço sempre eu o contacto para renegociar primeiro, geralmente 2 meses antes do fim começo a ronda.
    Os preços anunciados por eles são sempre para o período de 24 meses, após isso é normal que a “promoção” acabe.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.