A sua fatura de eletricidade diz-lhe quanto está a poupar (ou não)

Escrito por Pedro Andersson

16.01.19

}
5 min de leitura

Publicidade

Se quer saber se vale a pena voltar ao mercado regulado, a sua fatura diz-lhe

Demorou mas foi. A fatura da luz já indica claramente (sem “camuflagens”) se valeu a pena ou não (e por quanto) ter saído do mercado regulado para o liberalizado.

Para os consumidores poderem comparar as tarifas, as faturas de eletricidade das famílias em mercado livre já têm a diferença de valor entre o preço praticado face ao que seria cobrado com tarifa regulada.

Diz o diploma que agora já está a ser aplicado que “Nas faturas, enviadas aos consumidores pelos comercializadores em regime de mercado, deve ser colocado, em local visível e de forma inequívoca, o valor da diferença entre o preço praticado em regime de mercado e na tarifa regulada”. Tem nesta foto o exemplo da minha fatura de eletricidade (neste caso da Endesa). Diz o documento que este mês poupei 1,57 € por ter mudado para o mercado regulado. Para quem não sabe fazer as contas, pode ser uma boa ajuda todos os meses para avaliar se está a ser “distraído” ou se é um consumidor atento. E permite ver que as poupanças podem não ser tão grandes como querem fazer crer (isso já percebi há muito tempo). Mas poupar pouco é melhor do que não poupar nada. Digo eu.
Nesta outra fatura da EDP Comercial tem também a mesma indicação. A frase pode mudar de fornecedor para fornecedor, mas o que interessa é que deve procurar nestas letras miudinhas a sua poupança real todos os meses. Se verificar que é uma poupança ridícula procure uma empresa melhor ou se estiver a pagar mais do que no mercado regulado ameace sair da sua atual fornecedora ou regresse mesmo ao mercado regulado, se o entender.

Pode regressar ao mercado regulado (EDP “antiga”)

Os consumidores domésticos em mercado livre, que optem pelo novo regime equiparado, devem solicitar a mudança de tarifa, “por qualquer meio ou suporte de comunicação, incluindo canais remotos, ao comercializador responsável pelo fornecimento”, tendo este “dois dias úteis” para responder ao cliente. Se a resposta do comercializador, que terá que ser dada por escrito, for negativa, o cliente pode celebrar contrato com o comercializador de último recurso – EDP Universal -, “estando essa cessão isenta de quaisquer ónus ou encargos para o cliente”. Isto é, os comercializadores em regime de mercado podem optar por praticar as tarifas transitórias (reguladas), definidas anualmente pela ERSE, sendo que não podem estar condicionadas “à contratação de qualquer serviço ou produto adicional ou acessório ao fornecimento de energia elétrica”. “Os comercializadores em regime de mercado que pretendam dispor [do regime equiparado ao regulado] devem disponibilizar informação pública dessas condições”, que “devem ser identificadas autonomamente e denominadas Condições de preço regulado”, acrescenta o documento. A decisão de extinguir, de forma gradual, todas as tarifas reguladas de venda de eletricidade a clientes finais foi tomada em 2012, dando cumprimento às imposições da Comissão Europeia e do memorando de entendimento com a troika. Mas o prazo para os consumidores abandonarem o mercado regulado, previsto para este ano, e se mudarem para um comercializador de eletricidade em mercado livre, foi prolongado por mais três anos, para 2020. Uma família que opte por regressar ao mercado regulado de eletricidade pode manter o fornecedor em mercado livre, mas com a tarifa definida anualmente pelo regulador. Veja a sua fatura. Cá em baixo – nas letras pequeninas – se está a poupar e quanto. E diga nos comentários que valores é que lhe aparecem. Estou muito curioso. Até poderá dar reportagem.

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019.
É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

Se quiser um resumo claro e prático das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI abaixo.
 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (26 de fevereiro a 03 de março)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

PODCAST | #218 – Vamos a contas | Tenho de declarar os Certificados de Aforro (e outros) no IRS?

Os Certificados de Aforro continuam a suscitar muitas dúvidas. Uma delas é se somos obrigados a declará-los no IRS e como se faz. Essa dúvida é também muito comum quando alguém começa a pensar em investir em produtos relacionados com as bolsas, como Fundos PPR, Fundos...

ÚLTIMO DIA | Prazo para validar faturas para IRS 2023 termina hoje

Já validou TODAS as suas faturas e do seu agregado familiar? Os contribuintes têm até ao final do dia de hoje (quarta-feira, dia 28 de fevereiro) para validar e confirmar as faturas relevantes para o IRS de 2023, após o Ministério das Finanças ter decidido prolongar o...

Arrendamentos | Burlas estão a aumentar. Conheça os sinais e como evitar

Burlas com falsos arrendamentos têm estado a aumentar nos últimos dois anos Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes De acordo com a PSP, as burlas com falsos arrendamentos têm vindo a agravar-se desde 2022, quer nos arrendamentos de casas de férias, quer no...

ÚLTIMA HORA | Prazo para validar faturas de 2023 prolongado até quarta-feira

Faturas pendentes - Prazo prolongado até quarta-feira A Autoridade Tributária (AT) prolongou por dois dias, até quarta-feira, o prazo para a validação de faturas relativas a 2023 no portal e-fatura, depois de constrangimentos no último dia do prazo inicial. Em...

Quer inscrever-se no regime do Residente não Habitual? Pode fazê-lo até 2025

Autoridade Tributária informou que os contribuintes elegíveis podem inscrever-se até 31 de março de 2025 Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Se está interessado em inscrever-se no regime do Residente não Habitual (RNH), que permite aos seus beneficiários...

EURIBOR HOJE | Taxa a três meses mantém-se, mas sobe a seis e 12 meses

Euribor mantém-se a três meses, mas aumenta nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

ELETRICIDADE | O indexado em Fevereiro vai baixar bastante – Vale a pena mudar?

O preço da eletricidade no OMIE está quase de graça É impressionante o que está a acontecer nesta última semana. O preço da eletricidade no mercado grossista está praticamente a zero. Os valores a que a eletricidade vai ser vendida e comprada amanhã, pelas empresas...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a três meses e descem a seis e 12 meses

Euribor sobe a três meses, mas desce nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

PODCAST | #217 – Qual é a forma mais simples de poupar na eletricidade?

A ouvinte Ana nunca mudou de empresa de eletricidade em toda a sua vida. Faz-lhe confusão mudar e acha que dá muito trabalho e sente que as outras empresas não lhe inspiram confiança. Este é um perfil muito típico dos consumidores portugueses. No episódio desta...

Publicidade

Artigos relacionados

55 Comentários

  1. Joel

    “Por ser cliente Goldenergy, em comparação com a Tarifa Regulada, neste documento beneficiou de 1,43€ (não inclui taxas e impostos)”

    Responder
  2. Nuno

    “Por ser cliente Goldenergy, em comparação com a Tarifa Regulada, neste documento beneficiou de 0,29€(não inclui taxas e impostos)”

    Responder
  3. Nuno

    “…neste documento beneficiou de 0,29€ (não inclui taxas e impostos)”

    Responder
  4. David

    Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura +1,14 € (não incluindo taxas e impostos).

    Responder
  5. Anabela

    “Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura -2,86 € (não incluindo taxas e impostos).
    Por manter o fornecimento de gás natural e eletricidade na EDP Comercial, beneficia atualmente de 0,68 € de desconto no gás natural nesta fatura”

    Responder
  6. David

    Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura +1,14 € (não incluindo taxas e impostos).
    Este valor inclui diferenças no consumo e no encargo de potência ou é só no consumo?

    Responder
  7. Maria Teresa Marques de Sá Eiras

    Ainda é possível mudar para o mercado regulado? Se tivesse mudado, a poupança seria de 2,22

    Responder
    • Pedro Andersson

      Sim. É seguir as instruções. Mas tem mais barato no mercado liberalizado 🙂

      Responder
  8. Helena Mota

    “A diferença entre o valor da sua fatura de eletricidade sem taxas e impostos e o valor que resultaria da aplicação de preços regulados é de 0.27€”. Mas entretanto, como sou cliente da Endesa vou ter um mês gratuito. No final do ano a poupança provavelmente é maior.

    Responder
  9. Móniva

    “Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura -4,47 € (não incluindo taxas e impostos).”
    Como faço para puder obter os descontos?
    Obrigada

    Responder
  10. Daniel Pequerrucho

    Duas questões, qual é então o melhor prestador de combinado Gás e electricidade para um agregado de 4 pax? E segunda questão tem alguma análise sobre o custo beneficio das bombas de calor para AQS em substituição de gás?

    Responder
  11. Rosa Rocha

    No meu caso diz que pagaria – 1,66€(não incluindo taxas e impostos).
    Justifica mudar? Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá Rosa. A Rosa é que tem de decidir … Há pessoas que preferem pagar mais do que podiam. 😉

      Responder
  12. Maria Alentejo

    “Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura -0,31 € … Informamos que, de momento, a EDP Comercial não disponibiliza uma oferta comercial equiparada ao regime de tarifa regulada para o seu contrato de energia”

    Responder
  13. Anabela Ferreira

    No meu caso “Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura -4.13 €. Informamos que, de momento, a EDP Comercial não disponibiliza uma oferta comercial equiparada ao regime de tarifa regulada para o seu contrato de energia”

    Responder
  14. Carla Albuquerque

    “” Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura -2,23 € (não incluindo taxas e impostos).
    Por manter o fornecimento de gás natural e eletricidade na EDP Comercial, beneficia atualmente de 0,21 € de desconto no gás natural nesta fatura.

    Responder
  15. Rui de Lima

    Ora viva Pedro
    A minha da Endesa luz + gás aniversário tem a seguinte observação:
    A diferença entre o valor da sua fatura de eletricidade sem taxas e impostos e o valor que resultaria da aplicação de preços regulados é de -0.87€.
    No entanto acrescenta:
    Lembre-se que a Tarifa Aniversário não é comparável com os preços regulados uma vez que com esta beneficiará de uma fatura grátis por cada ano na Endesa, taxas e impostos incluídos.
    Ou seja estou a pagar -0,87€ do que no mercado regulado, sem contar com a factura grátis que tenho direito por cada ano. Na prática como tenho consumos mensais na ordem dos 90€ digamos que são uns -8€ por mês em relação ao mercado regulado, certo?

    Responder
  16. Cosme Santos

    Tenho conta certa na edp comercia dei as contagems no período que tinha que dar,no mês de setembro desloquei me a ED.P e o que me diser m era que ia beneficiar de um desconto as próximas faturas,assim foi peguei metade os últimos dois meses ou seija 30€.Para meu espanto ao dar contagem em Janeiro apresentam me uma fatura de 140€ e dizem que era o acerto.Alguém me sabe explicar?

    Responder
  17. Marco Lopes

    FACTURA ANUAL (CONTA CERTA) – TARIFA BI-HORÁRIA (o problema é que o que poupo com a BI-HORÁRIA iria perder no mercado regulado!?!)

    Diferença entre o preço do seu contrato e a tarifa regulada
    Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura -9,38 € (não incluindo taxas e impostos).
    Nota: Foram tidos em conta consumos realizados a partir de 1 janeiro de 2018
    Oferta em Condições de Preço Regulado
    Informamos que, de momento, a EDP Comercial não disponibiliza uma oferta comercial equiparada ao regime de tarifa regulada para o seu contrato de energia.

    Responder
    • Celso

      Dá-me a entender é que talvez o bi-horário não deve compensar assim tanto. Já fez as contas para ver se compensa?

      Responder
      • Marco Lopes

        O BI horário compensa em grande parte dos casos, e no meu ainda mais, pois ligo máquinas e aquecimento à noite! A questão é que não existe aqui uma comparação directa para as tarifas BI-HORÁRIAS do mercado regulado… pois não existem! (digo eu!). Aliás, nem sei como podem fazer o comparativo!!! :\

        Responder
        • Celso

          Mas compensa pagar mais quase 10€/mês? Alem disso veja aqui: https://www.edpsu.pt/pt/tarifasehorarios/BTN/Pages/TarifasBTNate20,7kVA.aspx
          Para mim, não me compensa pois tenho placa eletrica e como faço as refeições nela, mesmo a limpeza da casa faço durante o dia, não compensa a menos que eu tivesse instalação autoconsumo fotovoltaico. Mas cada caso é um caso diferente.
          Mas veja o link da EDP SU.

          Responder
          • Marco Lopes

            Calma lá que isto não são MAIS 10 euros por mês!!! É uma factura ANUAL de conta certa, logo, os valores apresentados são relativos ao ANO… (ou não?)
            10 euros por mês seria escandaloso para mim! (não gasto mais de 70 euros de energia por mês, e sempre tive vantagem no Bi-horário… aliás, é vantajoso em grande parte dos casos).

          • Celso

            Desculpe, foi erro meu. Não sei o porquê mas não vi o anual apesar de estar em letra grande. Nesse caso, já nada tenho a dizer.

  18. Manuel

    “O cliente poupou -4,2 euros face à tarifa regulada”- Iberdrola
    Pressupondo que estou a poupar certo?

    Responder
    • Marco Lopes

      Não! Poupou MENOS 4,2 euros! Logo, PAGOU mais 4,2 euros!

      Responder
    • João Nunes

      Eis uma boa questão: no meu caso, e também com a Iberdrola, dizem que poupei -5,37 euros. Será que se traduz mesmo em poupança, uma vez que apresentam um valor negativo?! Pedro, pode ajudar a esclarecer, por favor?

      Responder
  19. Nicole Ribeiro

    Olá Pedro,
    Obrigada pela dica, acabei de olhar para a minha ultima factura e fiquei completamente horrorizada:
    ENAT não disponibiliza uma oferta comercial equiparada ao regime da tarifa regulada. Quando comparado com a tarifa regulada, esta factura teria uma diferença de -14,58 € (não incluindo taxas e impostos)…quando contratei fiz um estudo de mercado e era na altura a melhor, achei eu, e agora vejo isto!
    A msg a pedir revisão de contracto já segui
    Cumprimentos
    Nicole

    Responder
  20. Marisa Ferreira

    … pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura + 0,82€. Significa que estou a poupar 82 cents por mês?

    Responder
  21. Liliana

    Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura -0,87 € (não incluindo taxas e impostos).
    Será que devo mudar para o mercado regulado?

    Responder
  22. Maria da Graça Albino

    Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura -4,91 € (não incluindo taxas e impostos).
    Por manter o fornecimento de gás natural e eletricidade na EDP Comercial, beneficia atualmente de 2,28 € de desconto no gás natural nesta fatura.
    EDP Comercial

    Responder
  23. Maria Correia

    Informação no final da minha factura da Iberdrola: O cliente poupou -13.39 euros face a tarifa ” Condições de preço regulado “. O que significa isto? Muito agradeço a sua informação.

    Responder
  24. Patrícia Fernandes

    No meu caso: “Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura +0,94 € (não incluindo taxas e impostos). Informamos que, de momento, a EDP Comercial não disponibiliza uma oferta comercial equiparada ao regime de tarifa regulada para o seu contrato de energia”. Tenho tarifário Bi-Horário.

    Responder
  25. Victor Ferreira

    A minha da Endesa diz:
    A diferença entre o valor da sua fatura de eletricidade sem taxas e impostos e o valor que resultaria da aplicação de preços regulados é de -32.48€.
    A minha dúvida tem a ver com o português utilizado: estou a pagar menos 32 euros ou pagaria menos 32 euros
    No caso de estar a pagar mais e solicitar a tabela de mercado regulado, eles mantêm o desconto de 12% que tenho neste momento?
    Seja qual for a resposta a simulação na erse dá-me o operador Galp como o mais económico com o handicap de ter de contratar o serviço confort home que não sei se funciona bem…
    Agradeço a sua ajuda nestas duvidas
    obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Já alertei a Erse para o mau português das frases.

      Responder
  26. António Parreira

    “Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura -5,23 € (não incluindo taxas e impostos).
    A ENFORCESCO SA não disponibiliza uma oferta comercial equiparada ao regime de tarifa regulada.”
    Isto quer dizer que devo mudar para um fornecedor com tarifa regulada? Agradeço resposta.

    Responder
    • António Parreira

      Já consultei as restantes faturas do ano de 2018 e verifico que no mercado regulado na maior parte delas iria pagar mais do que iria poupar. Por isso vou deixar-me ficar pelo mercado liberalizado.

      Responder
  27. Sandra Santos

    No meu caso:
    “Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura -0,82 € (não incluindo taxas e impostos).
    Por manter o fornecimento de gás natural e eletricidade na EDP Comercial, beneficia atualmente de 0,62 € de desconto no gás natural nesta fatura.
    Informamos que, de momento, a EDP Comercial não disponibiliza uma oferta comercial equiparada ao regime de tarifa regulada para o seu contrato de energia.”

    Responder
  28. Ricardo Garcia

    De facto o português utilizado não é de todo o de mais fácil interpretação.
    No meu caso cliente da Endesa, consultei as duas últimas faturas, a primeira dizia -2,56€ e na segunda que coincide com a fatura de Aniversário diz -24,33€.
    Por isso por exclusão de partes estou a poupar dinheiro.
    A Erse tem a obrigação de intervir para que a frase fique de fácil interpretação.
    Os meus sinceros parabéns ao sr. Pedro Andersson pelo magnífico trabalho.

    Responder
  29. Jame Araújo

    Olá Pedro, mostra a sua fatura da Endesa no valor de 56,30, diz que teve uma poupança de 1,57, e fazendo a comparação da sua fatura pela minha fatura da Endesa que é de 76,94 diz no respetivo campo que eu poupei 1,16, não entendo estas diferenças uma vez que a minha fatura é superior á sua, uma vez que a minha poupança deveria de ser maior.
    Agradecia que me explicasse o porque desta diferença.
    Muito obrigado e parabéns pelo seu programa, um abraço. Jaime Araújo

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Devemos ter tarifários diferentes embora na mesma empresa.

      Responder
    • Pedro Andersson

      Basta termos feito o contrato em meses diferentes com “promoções” diferentes. Se nunca mudar fica com o que contratou nesse dia mesmo que os novos entrem na empresa a pagar metade do que paga agora.

      Responder
  30. Maria Correia

    Gostava que me esclarecesse ,afinal quanto poupei? Poupei 13.39 ou gastei mais 13.39 é que menos por menos da mais… como e esta matemática?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Pois. Quem tem de esclarecer é a empresa. Já fiz queixa a Erse.

      Responder
  31. Lurdes

    Bom dia, no início do ano passado mandei uma carta à EDP a pedir para voltar ao mercado regulado e passado quase dois meses responderam-me que não seria possível.

    Responder
  32. Maria Costa

    Na factura diz que:
    A diferença entre o valor da minha factura e o valor que resultaria da aplicação de preços regulados é de 3,16.
    Todos os meses tenho dentro dessa diferença de valores.
    Suponho que estou a perder.
    Basta fazer um novo contrato com a EDP? Será que eles têm vários tipos de tarifários em que nos possam querer “enrolar”?
    Obrigada

    Responder
  33. Mafalda Santos

    Boa noite,
    O ano passado (2018) pagava em média 22€ a 23€/ mês e a poupança era na casa de 1,30€ .
    Este ano de 2019 já recebi 2 faturas cada uma no valor de 37,20€ e 32,33€ / mês respectivamente e a poupança que me falam é de 0,64€ e 0,20€ respectivamente.
    Para não falar que fui aumentada em cerca de 14€ e 10€ respectivamente, não percebo o porquê se mantenho o mesmo gasto de eletricidade.
    Alguém me pode ajudar? Esta disparidade é enorme!
    Obrigada

    Responder
  34. Mafalda Santos

    Boa noite,
    O ano passado (2018) pagava em média 22€ a 23€/ mês e a poupança era na casa de 1,30€ .
    Este ano de 2019 já recebi 2 faturas cada uma no valor de 37,20€ e 32,33€ / mês respectivamente e a poupança que me falam é de 0,64€ e 0,20€ respectivamente.
    Para não falar que fui aumentada em cerca de 14€ e 10€ respectivamente, não percebo o porquê se mantenho o mesmo gasto de eletricidade.
    Tenho EDP Comercial e 3,45 KVA (Simples).
    Alguém me pode ajudar? Esta disparidade é enorme!
    Obrigada

    Responder
  35. Joana

    “Se optasse pela tarifa regulada, pagaria pelo mesmo consumo de electricidade desta factura – 6,11€(sem taxas/impostos). ” é a factura dos meus pais. A minha dúvida é estão a perder e bastante, certo? Eles têm tarifa vi-horaria e logo após aquela frase diz” a edp comercial nao disponibiliza uma oferta comercial equiparada ao regimede tarifa regulada para o seu contrato de energia “. Trocanto isto por miudos..?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Está a perder imenso dinheuro. É mudar já para outra empresa.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.