Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

Renegoceie estes contratos uma vez por ano e poupe mais de 1.000 euros

Escrito por Pedro Andersson

09.01.19

}
2 min de leitura

Pode ver ou rever aqui a reportagem desta semana do Contas-poupança.
É o exemplo real de uma família portuguesa que pediu ajuda para pôr as contas em ordem e que só do ano passado para este vai gastar menos – mantendo a mesma qualidade de vida – cerca de 1.700 euros.
Isto quer dizer que, por causa da nossa preguiça enquanto consumidores, andamos a pagar “a mais” centenas de euros todos os anos sem necessidade nenhuma. Não é de admirar que muitos se queixem de que o dinheiro não chega ao fim do mês. Ele vai para algum lado. Só temos de descobrir para onde.
Abaixo tem o link para ver a reportagem em vídeo na página da SIC Notícias.

Que contratos devo renegociar?

Estes nas fotos abaixo são os principais. E tem os valores reais que esta família conseguiu poupar tendo “apenas” o trabalho de ligar para cada uma destas empresas e ameaçar sair ou simplesmente mudar para outra que presta o mesmo serviço ou pedindo para baixar o prémio ou prestação.



Surpreeendente

Sim. 1.757 euros é simplesmente assustador. Isto quer dizer que uma família que nunca tenha tido a preocupação de “limpar o pó” todos os anos a todos os contratos que tem ativos anda literalmente a deitar dinheiro para a rua. Claro que estes consumidores só se podem queixar de si próprios, porque tudo é legal. Assinamos os contratos, logo, concordamos com eles. Mas tem de se mexer de vez em quando. É o seu dinheiro. Muitas vezes basta telefonar…

Os casos das comissões bancárias, do ginásio que pagamos e não frequentamos, dos seguros em que não mexemos há anos e a eletricidade que mudámos uma vez e nunca mais mexemos são paradigmáticos. Acabe com a inércia e aumente-se a si próprio nas próximas semanas.
Pode ver ou rever a reportagem AQUI:
https://sicnoticias.sapo.pt/programas/contaspoupanca/2019-01-09-Costuma-renegociar-os-contratos–Saiba-quanto-pode-poupar-ao-faze-lo

 
Partilhe as suas “vitórias” connosco aqui no blogue (nos comentários) ou no facebook.
Seja um exemplo e uma inspiração para milhares de outras pessoas que acham que não é possível.


NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA”

34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019.
É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

Mais dicas aqui:

Se quiser um resumo das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, leia o livro “Contas-poupança I”.
É só clicar AQUI abaixo.

 
 
 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

PPR | Mês #8 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (junho 2021)

Fazer PPR como investimento? Muitas pessoas, ao longo de décadas, sempre pensaram que os PPR eram apenas para a reforma e que servia para ir buscar entre 300 ou 400 euros ao IRS pela dedução fiscal, ou para baixar o spread do crédito à habitação. Foi só há cerca de 2...

Como comprar 22 bolos e salgados por 3 euros e lutar contra o desperdício

Como lutar contra o desperdício alimentar e poupar ao mesmo tempo Acabo de passar por uma pastelaria perto de minha casa, a poucos minutos dela fechar, para ir buscar uma caixa com pães, bolos e salgados que iriam literalmente para o lixo. Paguei 3 euros através da...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (21 a 27 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

As exceções para entrar e sair da Área Metropolitana de Lisboa durante os fins-de-semana

Quem pode entrar e sair de Lisboa durante o fim-de-semana Como expliquei neste artigo ontem, a partir das 15h desta sexta-feira, dia 18 de junho, e até nova ordem está proibida a circulação de pessoas de e para fora dos concelhos da Grande Lisboa. Acaba de ser...

ÚLTIMA HORA – Proibição da circulação de e para fora na área metropolitana de Lisboa este fim de semana

Proibido circular de e para fora na área metropolitana de Lisboa este fim de semana O Governo acaba de anunciar que a partir das 3 da tarde de amanhã (sexta-feira) não é possível entrar e sair da área metropolitana de Lisboa. A proibição termina às 6 da manhã de...

Os meus fundos de investimento – Balanço da semana #47 (17 de junho)

Fundos de investimento - Balanço semanal Passou mais uma semana. Estou praticamente a voltar a tocar no máximo que já tive até hoje, na média dos 3 fundos. Estou a ganhar uma média de 26% com os 3 fundos que subscrevi em julho do ano passado com o dinheiro que poupei...

JUNHO – Tarifa indexada de eletricidade continua acima do mercado regulado

Este mês é MAU para aderir à tarifa indexada de eletricidade Este mês de junho está a ser o mês mais caro dos últimos 3 anos no mercado OMIE (onde as empresas vão comprar a eletricidade para lhe vender a si). É, portanto, um mau mês para começar um contrato de tarifa...

ELETRICIDADE | Preço da eletricidade sobe 3% em julho para famílias no mercado regulado

Preço da eletricidade sobe a 1 de julho para famílias no mercado regulado As tarifas da eletricidade vão subir a partir de 1 de julho para os clientes domésticos em mercado regulado, refletindo a subida dos preços da energia nos mercados grossistas, anunciou ontem a...

Painel solar fotovoltaico – Balanço de maio e junho de 2021 (mês #53 e #54)

Balanço dos meses de abril e maio de 2021 Olá! Acabo de verificar que não fiz aqui o balanço da produção do meu painel solar em abril. Peço desculpa se estiveram à espera dele. Mas não se perde pela demora. Ficam aqui os dois juntos.  Entrámos nos melhores 4 meses do...

As taxas Euribor continuam muito negativas

Taxas Euribor continuam muito negativas São boas notícias para quem tem crédito à habitação associado às taxas Euribor. Todas as 3 taxas (3, 6 e 12 meses) continuam a rondar os -0,50% (sim, negativos). O que é que isso significa? Significa que o seu banco lhe está a...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Publicidade

Artigos relacionados

3 Comentários

  1. Sónia Pinto

    O problema é a renegociação dos contratos de tv e internet porque os contratos efetuados com as empresas para serem mais baratos mensalmente têm um prazo de permanência obrigatório; caso se faça contrato sem prazo de permanência paga-se muito mais por mês além de valores de instalação e ativação do serviço.

    Responder
  2. Lisa Ventura Garcia

    Tem toda a razão, Pedro. Efetivamente, a nossa preguiça como consumidores faz-nos pagar pesadas faturas. Há no entanto casos em que o remédio é escasso, porque é escassa ou inexistente a concorrência. Sou açoreana, vivo em São Miguel. Eletricidade, só posso contratar com a elétrica local, a EDA. Na TV/Net/Voz, a escolha, na prática, resume-se à MEO ou à NOS Açores (os únicos com TV nos pacotes). Os pacotes da NOS Açores são mais caros e menos apelativos do que os da NOS no continente: sou cliente da NOS em Lisboa e pago bem menos do que estava a pagar, por serviço equivalente, à NOS Açores. Mudei para a MEO. Mas ficava mais feliz se tivesse a ofertas de TV/Net/Voz da Vodafone à minha disposição, mas, como residente nos Açores, não tenho. A insularidade tem custos e não são poucos… Um dia destes, gostaria muito de o ver abordar a situação do gás aqui nos Açores. Não temos oferta de gás canalizado e o gás de garrafa é caro. Só em gás, um açoreano gastará bem mais por ano, em média, do que um residente no continente.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá Lisa. Tem razão. Há casos em que e casos em que não dá. O importante é ter a certeza de que está a pagar o menos possível, mesmo que seja muito no total da fatura. Terá de cortar no que puder cortar. Não há milagres. Só não aceito a desculpa de que não vale a pena tentar.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.