Quanto está a render o seu PPR? – Um caso prático

Escrito por Pedro Andersson

21.09.18

}
4 min de leitura

Publicidade

Temos de aprender a fazer contas

Recebi este comentário (público) de uma espectadora surpreendida com a reportagem sobre os PPR. Reparem como milhares (não tenho como provar este número, mas devem ser dezenas de milhares) de portugueses não fazem ideia do que contrataram e acham que estão a investir “bem” na reforma e não estão.

Leiam este caso e já explico o que me parece que está a acontecer.

Caro Pedro, vi a reportagem e irei ao meu banco perceber exactamente o que tenho ganhado ou perdido.

Tenho um Seguro PPR desde Julho de 1997 (fi-lo aos 25 anos), débito mensal que começou em 25€ (4900$), com actualizações anuais e neste momento vai em cerca de 45€/mês (num total de 12.000€). Tem uma taxa de rentabilidade desde 1997 (!) fixa em 4% (!).

O produto está descontinuado (Atlântico Reforma PPR – consultei o site indicado na reportagem da ASF)) e graças à sua reportagem descobri que tenho 3% de comissão de subscrição (que não percebo se foi cobrada aquando da constituição) e 2% de comissão de gestão (?), 0,50€ no caso de transferência do seguro e 0% no caso de reembolso.

Se bem me recordo, além de ter constituído este PPR para uma reforma futura + benefícios fiscais em sede de IRS, uma das vantagens era ficar isenta de forma automática de comissões de manutenção de conta à ordem.  Obrigada pela descodificação destes produtos!

Vamos a contas

Antes de mais pode ver ou rever a reportagem AQUI.

A espectadora aparentemente tem um bom PPR. Afinal de contas tem um rendimento garantido de 4%. Muito bom. Será?

Diz ela que rende todos os anos 4%, mas descobriu com a reportagem que a comissão de subscrição é de 3%. Fiquei com a ideia, de acordo com a descrição, que ela pensa que essa comissão só foi cobrada em 1997 quando iniciou o PPR.

Meus amigos, cada vez que transferem dinheiro mensalmente estão a subscrever mais esse dinheiro, portanto (a menos que haja indicação em contrário), cada vez que a cliente transfere mensalmente os tais 45 euros agora, “comem-lhe” logo 3%. E depois tem a comissão de 2% de gestão todos os anos. Portanto, desde 1997 que só por isto no ano em que meteu lá dinheiro no PPR perdeu de certeza 1%. Dão-lhe 4% de rendimento, mas cobraram logo no primeiro dia de cada entrega 3% + 2% nesse ano = 5% em comissões.

Ou seja, só passado 1 ano depois de subscrever cada valor é que fica com mais ou menos o dinheiro que lá colocou na realidade. Mesmo assim, todos os anos, com uma comissão de 2% de gestão anual, os 4% fixos passam logo imediatamente para 2%. Portanto, o que parece bom, na realidade pode não ser.

Foi por ter percebido isto que decidi fazer a reportagem. Tem de ver caso a caso qual é a sua situação e que comissões está a pagar.

Relembro que pode mudar para um PPR (seguro ou fundo) sempre que quiser. No caso de ter um seguro PPR pagará uma penalização de 0,5% do valor que transferir para outro banco ou seguradora e se for fundo não paga nada (é o que está na lei). Tem aqui um exemplo de uma carta de transferência de PPR. Tem o nome de uma seguradora, mas a carta foi escolhida ao acaso. Não é nenhuma sugestão.

Até pode mudar para um PPR que renda menos, mas se não tiver comissões tão altas pode mesmo assim ganhar mais. Temos de abrir os olhos.

Faça as contas.

Acompanhe-nos AQUI

Novo livro Contas -poupança

Pode espreitar AQUI (e encomendar, se quiser) o novo livro ou clicando na foto abaixo.

(Esta semana foi o livro mais vendido a nível nacional na WOOK, na Bertrand e o 3º na FNAC). Também já está a poupar?

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança. Assim não perde nenhuma dica.

YouTube (Subscreva o canal)

Facebook do Contas-poupança

 Pergunte no Grupo “Contas-poupança – As suas dúvidas”

Instagram

Twitter  

As melhores dicas de poupança dos primeiros 5 anos de programa estão no primeiro livro “Contas-poupança”. É só clicar AQUI abaixo.

 

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

VÍDEO | Como se calcula o reembolso do IRS? Quanto vai receber?

Como sei quanto vou receber de reembolso do IRS?  Todos os portugueses que entregam a Declaração de IRS, têm a expectativa de receber o reembolso. Mas poucos sabem porque é que alguns recebem e outros têm de pagar. A reportagem desta semana do Contas-poupança...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor desce a três e seis meses, mas aumenta no prazo de 12 meses Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (26 de fevereiro a 03 de março)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

PODCAST | #218 – Vamos a contas | Tenho de declarar os Certificados de Aforro (e outros) no IRS?

Os Certificados de Aforro continuam a suscitar muitas dúvidas. Uma delas é se somos obrigados a declará-los no IRS e como se faz. Essa dúvida é também muito comum quando alguém começa a pensar em investir em produtos relacionados com as bolsas, como Fundos PPR, Fundos...

ÚLTIMO DIA | Prazo para validar faturas para IRS 2023 termina hoje

Já validou TODAS as suas faturas e do seu agregado familiar? Os contribuintes têm até ao final do dia de hoje (quarta-feira, dia 28 de fevereiro) para validar e confirmar as faturas relevantes para o IRS de 2023, após o Ministério das Finanças ter decidido prolongar o...

Arrendamentos | Burlas estão a aumentar. Conheça os sinais e como evitar

Burlas com falsos arrendamentos têm estado a aumentar nos últimos dois anos Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes De acordo com a PSP, as burlas com falsos arrendamentos têm vindo a agravar-se desde 2022, quer nos arrendamentos de casas de férias, quer no...

ÚLTIMA HORA | Prazo para validar faturas de 2023 prolongado até quarta-feira

Faturas pendentes - Prazo prolongado até quarta-feira A Autoridade Tributária (AT) prolongou por dois dias, até quarta-feira, o prazo para a validação de faturas relativas a 2023 no portal e-fatura, depois de constrangimentos no último dia do prazo inicial. Em...

Quer inscrever-se no regime do Residente não Habitual? Pode fazê-lo até 2025

Autoridade Tributária informou que os contribuintes elegíveis podem inscrever-se até 31 de março de 2025 Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Se está interessado em inscrever-se no regime do Residente não Habitual (RNH), que permite aos seus beneficiários...

EURIBOR HOJE | Taxa a três meses mantém-se, mas sobe a seis e 12 meses

Euribor mantém-se a três meses, mas aumenta nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

ELETRICIDADE | O indexado em Fevereiro vai baixar bastante – Vale a pena mudar?

O preço da eletricidade no OMIE está quase de graça É impressionante o que está a acontecer nesta última semana. O preço da eletricidade no mercado grossista está praticamente a zero. Os valores a que a eletricidade vai ser vendida e comprada amanhã, pelas empresas...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

1 Comentário

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.