Ganhou 1.300 euros… porque viu o Contas-poupança dos quilómetros martelados

Recebeu uma indemnização de 1.300 €

Um espectador que não quer ser identificado mandou-me hoje uma mensagem a agradecer a reportagem sobre os conta-quilómetros martelados. Com um pedido de Certidão de inspeções em Portugal ou um documento pedido em dois sites europeus pode saber se o conta-quilómetros do seu carro foi adulterado ou não. Pode ver ou rever essa reportagem AQUI.

Olá senhor Pedro, tenho mesmo a agradecer-lhe pelo seu excelente trabalho como jornalista, espero que esteja mesmo com sentimento de dever público cumprido como cidadão e profissional que é!

Vi a sua reportagem da alteração dos quilometragem e por brincadeira fiz o teste no site que indicou. Descobri que o carro tinha mais 100 mil km em cima fiquei chocado! Entrei em contato com o stand e após muita luta e com eles a tentarem-me enganar outra vez consegui uma indemnização.

Não era o valor que eu pensava nem o que eu realmente merecia mas a verdade é que ou era aceitar o que me propuseram ou então teria que entrar em guerra direta pelos tribunais. Ainda assim fico muito feliz de ter visto a sua reportagem pois de alguma maneira vi-me recompensado. Continue o bom trabalho!

Alguns conseguem uma indemnização

O espectador tinha pedido uma indemnização ao stand de 2 mil euros, mas a negociação acabou nos 1.300 euros. Ele explicou-me que o dono do stand tinha todas as respostas na ponta da língua e que assumiu a posição de vítima alegando que os km já teriam sido alterados na origem antes da sua aquisição. É, normalmente, o argumento dos vendedores. E, a menos que tenha provas (como vai provar isso?) de que ele sabia, não poderá adiantar muito.

Neste caso, para evitar tornar o caso público ou com medo dos tribunais, o vendedor aceitou pagar uma indemnização ao cliente.

O espectador acabou por assinar um documento onde constava que ficou a conhecer todo o historial do carro e que recebeu esse dinheiro a título de indenização. Daí não querer identificar nem nomes nem locais.

Ele não estava à espera de que o seu próprio carro tivesse sido adulterado.

Tenho outros relatos de espectadores que conseguiram trocar por um carro com menos quilómetros e outros que não conseguiram nada. Tem mais um exemplo AQUI.

Ao fazer esta reportagem, fiquei claramente com a convicção de que ESTE É UM PROBLEMA MUITO GRAVE EM PORTUGAL. Uma percentagem ENORME dos carros não são o que parecem. Previna-se, se estiver a pensar comprar carro em segunda mão, aqui ou no estrangeiro.

Acompanhe-nos AQUI

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança. Assim não perde nenhuma dica.

YouTube (Subscreva o canal)

Facebook do Contas-poupança

 Pergunte no Grupo “Contas-poupança – As suas dúvidas”

Instagram

Twitter  

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA II”

O novo livro já está à venda nas livrarias e online.

Pode espreitar AQUI (e encomendar, se quiser) o novo livro ou clicando na foto abaixo.

Se quiser um resumo muito claro e prático das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. São dicas diferentes.

É só clicar AQUI abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *