Afinal é possível negociar com os bancos – Um caso prático

Escrito por Pedro Andersson

20.06.18

}
2 min de leitura

Publicidade

Afinal é possível negociar com os bancos

A propósito dos artigos que tenho aqui publicado sobre seguros de vida, aproveito para recordar este caso. É que têm chegado nas últimas semanas milhares de pessoas novas ao blogue “Contas-poupança” e acho importante recuperar algumas dicas. Desculpem os outros que se lembram deste caso.

Um colega meu na SIC pediu um crédito pessoal de 10 mil euros para comprar um carro. Na Caixa Geral de Depósitos exigiram-lhe um seguro de vida de quase 900 euros e mais outro seguro mais pequeno.

Como ele viu as reportagens do Contas-poupança sobre o assunto não foi logo na conversa. Achou caro, disse que ia ver na concorrência, que era um abuso 900 euros por um crédito de 10 mil (quase 10% do valor do empréstimo, etc).

A gestora de conta foi falar com o gerente. Voltou uns minutos depois com outra proposta: OK, não fazia o seguro de vida, mas tinha de fazer um seguro automóvel no grupo Caixa.

Resposta do meu colega, mas olhe que na Fidelidade são muito caros, pode ser na OK Teleseguros? É do grupo Caixa… Sim. Podia.

Portanto, negociando e fazendo valer os seus pontos de vista, o meu colega poupou quase 900 euros porque teria de fazer um seguro para o carro de qualquer maneira. Se tivesse aceite, achando que tinha de ser, ficaria a perder.

Atenção, que não há nenhum problema em fazer um seguro de vida sempre que contratar um crédito. Aliás, muitos consumidores consideram (e bem) que é uma proteção para a família, caso lhes aconteça alguma coisa. Às vezes acontecem as coisas mais imprevistas. É um assunto que terá de avaliar.

O importante é que perceba que não é uma obrigação aceitar tudo o que lhe propõem. Os bancos estão lá para ganhar dinheiro consigo. E se lhe propõem um spread baixo, provavelmente é porque lhe vão “ganhar” o dinheiro noutras parcelas (seguros e taxas). Olhos sempre bem abertos.

Temos todos de aprender a negociar com os bancos e seguradoras. Diga NÃO de vez em quando. Use a concorrência. O dinheiro é seu.

Acompanhe-nos AQUI

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança. Assim não perde nenhuma dica.

YouTube 

Facebook do Contas-poupança

 Pergunte no Grupo “Contas-poupança – As suas dúvidas”

Instagram

Twitter  

Se quiser um resumo muito claro e prático das dicas que demos nestes anos todos, pode adquirir o livro “Contas-poupança”. Escrevi-o com esse propósito. Ofereça-o a quem precisa pôr as contas em ordem.

É só clicar AQUI abaixo.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PPR | Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Junho de 2024)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? (Mês #44) Junho voltou a bater o recorde de mais-valias na soma dos meus 10 PPR. Até ao momento tenho uma valorização média de 12%. Naturalmente, cada um dos PPR tem um desemprenho diferente. Tenho dois que ainda estão...

Famílias carenciadas vão receber um cartão com dinheiro em vez de cabaz alimentar

Cabaz Alimentar passa a cartão com dinheiro É uma questão de dignidade, diz o Governo. Até agora, as famílias identificadas pela Segurança Social como carenciadas recebiam um cabaz alimentar físico (com mantimentos para um mês) mas nem sempre esses bens eram o que a...

PodTEXT | Vou ter de pagar 20 mil€ de IRS e não estava à espera. O que faço?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (15 a 21 de julho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

TOP 10 | Qual a marca de COMBUSTÍVEIS mais barata esta semana? (8 a 14 de julho)

Quem subiu e quem desceu os preços esta semana A ERSE definiu para esta semana como preço eficiente (que traduzo livremente por preço "justo") uma subida de 1 cêntimo/l no gasóleo simples e de 1,3 cêntimos na gasolina simples. Abaixo tem os preços que as várias marcas...

160 mil idosos podem receber pelo menos 600 € de reforma – Tem direito? (Vídeo)

Reforma mínima de 600 € e medicamentos grátis Mais de 160 mil idosos com reformas baixas podem passar a receber pelo menos 600 euros por mês e a ter medicamentos grátis na farmácia. Na reportagem desta semana do Contas-poupança, explicamos-lhe como funciona o...

PodTEXT | Uma dica para descobrir onde anda a desperdiçar dinheiro

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Inflação caiu para 2,8% em junho

O Instituto Nacional de Estatística (INE) confirmou esta quarta-feira que a taxa de inflação homóloga foi de 2,8% no passado mês de junho. Trata-se de um abrandamento face ao mês de maio, altura em que os preços dos hotéis dispararam devido aos dois concertos de...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

1 Comentário

  1. Vitor Cardoso

    Olá Pedro Anderson,

    Sou Consultor de seguros, ao ler este artigo e quando cita esta expressão do seu colega:

    Resposta do meu colega, mas olhe que na Fidelidade são muito caros, pode ser na OK Teleseguros? É do grupo Caixa… Sim. Podia.
    A gestora de conta foi falar com o gerente. Voltou uns minutos depois com outra proposta: OK, não fazia o seguro de vida, mas tinha de fazer um seguro automóvel no grupo Caixa.

    Lanço o alerta: Os seguros lowcost , e vou falar risco automóvel, não tem a cobertura de ocupantes, acrescentam seguro de acidentes pessoais, o que não de longe a mesma coisa. Cuidado, quando acontencem os sinistros com feridos e mortos! e poderia falar de mais adulterações nas coberturas, mas fico-me por aqui.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.