Pode fazer compras na MAKRO (ou outro Cash & Carry) e não sabia?

Escrito por Pedro Andersson

26.03.18

}
5 min de leitura

Publicidade

Pode poupar ainda mais

Nota prévia: Isto não é publicidade (escusam de vir com essa conversa). São as minhas experiências como consumidor que acho que podem ser úteis a outros. Esse é o critério do Contas-poupança para TUDO.

A MAKRO (e outros Cash & Carry) são só para quem trabalha na restauração?

Durante muitos anos pensei isso. Sempre fez parte do meu imaginário uns privilegiados que tinham um cartão que lhes permitia fazer compras na Makro (ou empresas equivalentes). Na minha cabeça, era só para profissionais da restauração e comércio onde iam buscar as coisas super baratas para depois nos venderem. Tinha amigos que tinham amigos que tinham cartão da Makro e que lhes emprestavam o cartão para fazer “super compras”.

Passa recibos verdes? Pode ir à MAKRO

Em 2013, descobri que qualquer pessoa que passe recibos verdes pode ter o cartão da Makro (e empresas equivalentes). A minha mulher passava na altura recibos verdes como formadora profissional, e portanto passámos por lá, e deram-lhe o cartão. E pode ter um segundo utilizador, neste caso eu, embora na altura não fosse trabalhador independente.

 

Tem de fazer contas na mesma

Ir à Makro é uma experiência. Tem coisas que não compensam face aos hipermercados, coisas que compensam mais ou menos e coisas que COMPENSAM MUITO. É preciso procurar.

Desculpem se já sabiam disto, partilhei no primeiro blogue do Contas-poupança (que desativei entretanto) e partilho agora aqui porque há anos que não ia lá. Esta semana, passei à porta da MAKRO em Alfragide e pensei: “Não é tarde nem é cedo, desta vez vou ver se os preços ainda compensam”. E fui. Se esta informação der jeito a 1 pessoa que tenha uma destas empresas perto já fico contente :).

Alguns exemplos de preços

Para quem nunca foi à MAKRO tem de perceber que todos os preços estão SEM IVA, porque quem trabalha na restauração deduz o IVA (quem paga é o cliente deles). Nós (comuns mortais, temos de fazer contas): mais 6%, 13% ou 23%.

Para mim compensam sobretudo a fruta, os legumes e tudo o que seja em packs grandes. Por exemplo, na MAKRO esta semana a salsa estava a 2,38 €+ IVA. Para escrever este artigo fui comparar num hiper online e estava a 19,80 € (um pacotinho de 50 g custa 0,99 €). Claro que tem de comprar um molho (muito) grande de salsa. O mesmo para os coentros, hortelã, etc.

A courgete, comparado com o hipermercado, estava 36 cêntimos mais barata por quilo.

O Alho francês estava na Makro a 0,94 €. No hipermercado estava a 1,99 €. Mas tive de comprar 4. Congela-se.

A Maçã Golden está aqui a 1,15 € o quilo e no hiper a 1,69. Mas tem de trazer uma caixa com 12 maçãs.

A batata (saco de 20 kg) fica a 18 cêntimos o quilo (já com IVA). No hiper está a ser vendida a 0,49 €/kg. Mais do dobro. Só a diferença num saco de batatas dava para o combustível para várias viagens de propósito (no meu caso).

Em resumo, não quero que fique com a ideia de que os preços são super fantásticos nos Cash & Carry. Para muitos (mas mesmo muitos) produtos consigo bem mais barato no hipermercado “normal”, sobretudo com os cupões de desconto. Mas se for especificamente à procura de produtos que use em quantidade vale muito a pena. Compare sempre os preços.

Tenho recibos verdes, como faço?

Basta chegar lá com o a folha de rosto do IRS e o anexo B, cartão do cidadão e comprovativo de morada e fica logo com o cartão.

A grande vantagem de empresas como a Makro, como já referi, é que é muito barato comprar em quantidade, legumes, fruta, carne, peixe, etc. Por exemplo, alguns legumes e frutas custam metade que nos hipers mas tem de comprar uma caixa com 5 ou 10 kg. Se dividir pela família ou amigos compensa e muito.

Também tem imenso material de escritório. É óptimo para alunos, professores, contabilistas, advogados, etc.

Esta informação foi copiada do site da MAKRO

(também dá para condomínios)

Para ser nosso cliente necessita da seguinte documentação, de acordo com a sua atividade profissional:

Sou uma sociedade coletiva:
– Cartão de cidadão do representante da empresa
– Número da certidão permanente ativa da empresa
– NIPC
– Documento comprovativo de morada, se tiver estabelecimento aberto
NOTA: Se é uma fundação, associação ou condomínio, deve acrescentar uma cópia da ata com deliberação dos corpos sociais mais recentes.

Sou um profissional liberal ou por conta própria:
– Cartão de cidadão do profissional  liberal
– NIF
– Declaração de início de atividade com menos de 1 ano ou entrega do último modelo 3 com o anexo B do IRS
– Documento comprovativo de morada, se tiver estabelecimento aberto (cópia alvará ou documento da água, luz ou gás)
– Sem estabelecimento apresenta comprovativo de morada

Sou um aluno/professor de escola de hotelaria:
– Cartão de cidadão
– Documento comprovativo de inscrição na escola (ex. matrícula, pagamento da última propina, declaração da escola, contrato de trabalho

O outro Cash & Carry que conheço é o “Recheio”. Também funciona assim. Quem passa recibos verdes também pode ir lá fazer compras. Basta ir ao site deles e verificar isso. Estão lá todas as informações. No Caso do “Recheio” nunca lá fiz compras porque não tenho nenhum perto. Caso tenha alguns estabelecimentos destes perto de sua casa e é trabalhador independente (mesmo que não tenha nada a ver com hotelaria e restauração) vá até lá e informe-se. Pode conseguir excelentes oportunidade de poupança. Sobretudo para aquelas compras que vale a pena comprar para o ano inteiro.

Fica a dica (para desenjoar do IRS).

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Arrendamento | Rendas acessíveis alargadas a quem tem rendimentos mais altos

Limite de rendimentos máximos anuais para aceder a apoios ao arrendamento foi alargado para abranger mais cidadãos O valor máximo de rendimento anual para aceder ao Programa de Apoio ao Arrendamento foi aumentado, de acordo com uma portaria publicada em Diário da...

EURIBOR | Taxas sobem a três e 12 meses, mas baixam a seis

Euribor subiram hoje a três e 12 meses, mas recuaram no prazo de seis meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (19 a 25 de fevereiro)

Qual deveria ser o preço "certo"? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

EURIBOR | Taxas Euribor sobem em todos os prazos

Euribor subiram hoje a três, seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua...

Segurança Social | Atribuição do Abono de Família já é automática

Segurança Social passa a atribuir automaticamente o Abono de Família, logo após registo do bebé na maternidade Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Desde a passada sexta-feira, 16 de Fevereiro, o Abono de Família passou a ser atribuído automaticamente pela...

BURLAS | Não atenda telefonemas do “Banco de Portugal”

Banco de Portugal alerta para telefonemas fraudulentos que imitam o seu número telefónico O Banco de Portugal emitiu um alerta sobre chamadas telefónicas feitas por indivíduos que dizem ser seus colaboradores, usando um sistema que imita o número de telefone do BdP,...

Remuneração | Aumento real dos salários em 2023 foi de 2,3%

Salários subiram 6,6% em 2023, mas os ganhos reais para os trabalhadores foram apenas de mais 2,3% Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes O Instituto Nacional de Estatística (INE), revelou recentemente que o valor dos salários em 2023 aumentou 6,6% em termos...

EURIBOR | Taxas Euribor descem a três meses e sobem nos prazos de seis e 12

Euribor desceu hoje a três meses, mas subiram a seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto...

PODCAST | #215 – Como receber 750 € “grátis” para fazer um curso de formação na área digital

Qualquer trabalhador em Portugal pode receber 750 euros para fazer um curso de formação na área do digital. E se fizer a candidatura já, pode repetir mais 750 € no ano que vem. Chama-se Cheque Formação + Digital e no episódio desta semana explico-lhe quem tem direito,...

SENHORIOS | Tribunal decide que caução de rendas não paga IRS

Tribunal decide que caução de rendas deve estar isenta de IRS. Estará aberto um precedente? Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes O Tribunal Arbitral, a propósito de um processo que estava em curso no Centro de Arbitragem Administrativa (CAAD), decidiu, em...

Publicidade

Artigos relacionados

11 Comentários

  1. João Paulo

    No Recheio pode-se fazer cartão mesmo sem ser comerciante/empresa. Não sei se é assim em todos os Recheios mas no de Braga pessoas particulares podem fazer cartão e ir lá às compras. No entanto há promoções e campanhas que só estão disponíveis para comerciantes/empresas.

    Responder
    • Carlos Luso

      Pela sua experiência, como são os preços lá?

      Responder
      • João Paulo

        Carlos depende sempre dos produtos, mas no geral é como o Pedro disse no artigo, frutas e legumes compensa na maior parte das vezes. Outros produtos só compensa se trouxer uma determinada quantidade, tipo uma caixa ou embalagem completa pois assim o preço tem um desconto e há outros produtos que são mais caros que nos hiper e super mercados. É uma questão de comparar.

        Responder
  2. João Matos

    Boa noite, na MAKRO nem todos os preços estão sem IVA, aliás a maioria dos produtos nas prateleiras tem primeiro o preço sem IVA e depois, mais a baixo, o preço com IVA.

    Responder
  3. João Matos

    Boa noite, na MAKRO nem todos os preços estão sem IVA, aliás a maioria dos produtos nas prateleiras tem primeiro o preço sem IVA e depois, mais abaixo, o preço com IVA.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Ola. Eu sei. Mas quem for pela primeira vez pode não perceber isso logo. Por isso prefiro explicar assim.

      Responder
  4. Elsa Tinoco

    Tenho uma dúvida em relação ao recheio a fatura é um pouco confusa comprei umas chicletes caixa de 12 k na fatura diz preço unitário 0.28 ,valor mercadoria{ 3.36%{iva23.0 }preço unitário c Iva 0.34 afinal quanto paguei por cada caixinha.?
    Obrigado a quem responder

    Responder
  5. Francisco Lourenço

    Boas tenho uma duvida para quem nao tenha empresa e nao esteja a recibos verdes existe alguma forma de conseguir o cartao da makro na mesma?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Que eu saiba não. Ligue para lá e pergunte 🙂

      Responder
  6. Ricardo Miguel

    E como trabalhador independente não posso deduzir o IVA dos bens lá comprados?? Ou tenho de ter o CAE de restauração?

    Responder
  7. Joaquim brandao

    Já fui cliente da Makro como comerciante.esta semana descobri outro caso e como via muita gente pensei é aberto ao público…comprei um carro cheio de coisas a bom preço na caixa era só para clientes! Mas lá deixaram passar.mas agora fiquei com pena de não poder ir mais.e claro como na Makro é preciso saber os preços.em baixo tem o valor com IVA.e das caixas completas.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.