EURIBOR – Novo mínimo histórico a 6 meses (outra vez)

Escrito por Pedro Andersson

31.01.18

}
2 min de leitura

Publicidade

Euribor hoje

Taxas Euribor renovam mínimos históricos a 6 meses e mantêm-se a 3, 9 e 12 meses.

Euribor 3 meses 

A Euribor a três meses manteve-se hoje em -0,328%.

Euribor 6 meses 

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação atingiu hoje -0,279%. NOVO MÍNIMO HISTÓRICO.

Euribor 9 meses 

A nove meses, a Euribor foi hoje fixada em -0,222%.

Euribor 12 meses 

No prazo de 12 meses, a taxa Euribor manteve-se nos -0,191%.

As Euribor são fixadas diariamente pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.

 

Para que servem estes dados?

Quando pedimos um empréstimo ao banco para comprar casa, na maior parte dos contratos ficou definido que todos os meses pagamos de juro o spread (lucro do banco) + Euribor (o juro a que os bancos emprestam uns aos outros). Ora, desde 2015 que a Euribor entrou em valores negativos. É o pesadelo dos bancos portugueses.

Exemplo: Quem tem um spread de 0,5 (por exemplo com euribor a 6 meses), só paga 0,5-0,275 (ou o valor do dia/mês/média da EURIBOR correspondente)=0,225%.
E sempre que desce mais uma milésima, é menos que paga na prestação e menos que o banco ganha. Mas foi o que ambos assinaram.

O banco devia estar a pagar a sua casa?

Agora imagine o caso de alguém que tem um spread de 0,3 com Euribor a 3 meses. O que acontece é que a Euribor negativa já é maior do que o spread. Ou seja, pelas regras da matemática, o banco devia estar a pagar a sua casa.
Mas o que os bancos estão a fazer (é o meu caso) é quando o valor chega ao zero, pára. Neste momento só estou a amortizar a casa e a pagar zero de juros relativamente ao spread.

Pode ver AQUI a reportagem que fiz sobre o assunto. Se tiverem alguma dica sobre este tema, digam.

Fiz uma breve sondagem no grupo de Facebook “Contas-poupança – As suas dúvidas” e percebi que havia interesse em que regularmente indicasse aqui a evolução da Euribor. As alterações são diárias mas fá-lo-ei apenas quando achar que se justifique. Mas o importante é andarem em cima das contas que fazem a vossa prestação da casa. E saberem quando a maré virar. Sim, porque a Euribor não vai continuar assim muito tempo. Sem querer estar a dar conselhos, não seria má ideia por dinheiro de lado para amortizar a casa, antes que a prestação suba. Assim, quando a Euribor subir, podem baixar a prestação amortizando a casa com o dinheiro que colocaram a render. Façam contas.

REGISTE-SE NO GRUPO “Contas-poupança – As suas dúvidas”.

Se quiser mais dicas, pode adquirir o livro “Contas-poupança” . É só clicar AQUI abaixo. Pode oferecer, se quiser dar uma prenda útil a alguém :).

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor desce a três e seis meses, mas aumenta no prazo de 12 meses Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (26 de fevereiro a 03 de março)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

PODCAST | #218 – Vamos a contas | Tenho de declarar os Certificados de Aforro (e outros) no IRS?

Os Certificados de Aforro continuam a suscitar muitas dúvidas. Uma delas é se somos obrigados a declará-los no IRS e como se faz. Essa dúvida é também muito comum quando alguém começa a pensar em investir em produtos relacionados com as bolsas, como Fundos PPR, Fundos...

ÚLTIMO DIA | Prazo para validar faturas para IRS 2023 termina hoje

Já validou TODAS as suas faturas e do seu agregado familiar? Os contribuintes têm até ao final do dia de hoje (quarta-feira, dia 28 de fevereiro) para validar e confirmar as faturas relevantes para o IRS de 2023, após o Ministério das Finanças ter decidido prolongar o...

Arrendamentos | Burlas estão a aumentar. Conheça os sinais e como evitar

Burlas com falsos arrendamentos têm estado a aumentar nos últimos dois anos Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes De acordo com a PSP, as burlas com falsos arrendamentos têm vindo a agravar-se desde 2022, quer nos arrendamentos de casas de férias, quer no...

ÚLTIMA HORA | Prazo para validar faturas de 2023 prolongado até quarta-feira

Faturas pendentes - Prazo prolongado até quarta-feira A Autoridade Tributária (AT) prolongou por dois dias, até quarta-feira, o prazo para a validação de faturas relativas a 2023 no portal e-fatura, depois de constrangimentos no último dia do prazo inicial. Em...

Quer inscrever-se no regime do Residente não Habitual? Pode fazê-lo até 2025

Autoridade Tributária informou que os contribuintes elegíveis podem inscrever-se até 31 de março de 2025 Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Se está interessado em inscrever-se no regime do Residente não Habitual (RNH), que permite aos seus beneficiários...

EURIBOR HOJE | Taxa a três meses mantém-se, mas sobe a seis e 12 meses

Euribor mantém-se a três meses, mas aumenta nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

ELETRICIDADE | O indexado em Fevereiro vai baixar bastante – Vale a pena mudar?

O preço da eletricidade no OMIE está quase de graça É impressionante o que está a acontecer nesta última semana. O preço da eletricidade no mercado grossista está praticamente a zero. Os valores a que a eletricidade vai ser vendida e comprada amanhã, pelas empresas...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a três meses e descem a seis e 12 meses

Euribor sobe a três meses, mas desce nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. Micael

    Bom dia Caro Pedro Andersson,

    Costumo de visualizar o seu programa, assim como todos as noticias que envia para as redes sociais, acho que está a fazer um excelente trabalho ao informar todos os Portugueses de vantagens e desvantagens de determinados produtos ou serviços e por esse motivo desde já agradeço 😉 A minha questão prende-se com o facto de possivelmente num curto/médio prazo irei contrair um crédito a habitação, qual das Euribor é mais vantajosa 3,6,9 ou 12? Actualmente todos os bancos onde fui pedir uma simulação fazem sempre a Euribor a 12 meses, essa não será eventualmente aquela que no futuro irá subir mais? Qual o máximo histórico registado nesta Euribor?

    Responder
    • Pedro Andersson

      O máximo foi 5%. Veja o programa de hoje a noite. É importantíssimo.

      Responder
  2. Fernando

    A longo prazo tende a ser completamente indiferente a taxa. Tudo depende da altura em que foi contraído o empréstimo, de qualquer forma estaremos sempre a falar numa diferença pouco significativa e que pode tender para qualquer um dos lados.

    A taxa a 12 meses pode ser a que se mantenha mais tempo a valores máximos mas por outro lado também é a que ira demorar mais tempo a lá chegar. Tem que se pensar na taxa a 12 meses como uma média com mais consistência … não se assiste a variações tao brutas.

    Será vantajosa essa taxa enquanto as taxas forem começando a subir, será desvantajosa quando as taxas começarem a descer e essa demore mais tempo a acompanhar!

    Responder
  3. Pedro Liberato

    Bom dia!
    Sou um acompanhante assíduo do programa, assim como do site.
    Neste campo do credito habitação e das taxas de juro, eu optei por taxa fixa a 30 anos (na altura 1.47), ficando no total com 2.72 (T. Fixa 1.47 + Spread 1.25).
    Pareceu-me vantajoso tendo em conta a longevidade do crédito. Optando por algo mais caro “actualmente”, mas estável.
    Bem sei que cada cabeça sua sentença, mas pareceu-me bastante adequando em aproveitar neste momento, visto que também estão baixas. E tendo em conta a importância do crédito habitação nas nossas vidas.
    Sinto que seria mais fácil optar pela Euribor neste momento, mas procurei ser mais ” cuidadoso”.
    São sempre opções.
    Cumprimentos

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.