Manuais escolares – Diz-me o ano, digo-te quanto vais gastar

Escrito por Pedro Andersson

20.07.17

}
2 min de leitura

Publicidade

Quanto vão custar os manuais escolares do seu filho este ano?

Todos os anos a APEL (Associação Portuguesa de Editores e Livreiros) divulga os preços do cabaz médio dos manuais escolares por cada ciclo.

Tem na foto abaixo o quadro com todos os preços discriminados por cada ano com os respectivos livros.

Este ano a APEL inovou: Puxou para título do Press Release a melhor técnica de tornar mais barato o que é possivelmente caro. Em vez de dizer qual o preço médio do cabaz de livros de cada ano, resolveu dividir o valor que os pais vão ter de pagar de uma só vez agora em Julho e/ou Agosto pelos 10 meses de aulas (?!). Muito bem!

Assim até é mais simples e dói muito menos. Portanto, ficam a saber que em média, os manuais “só” custam 11,25 € por mês por cada filho.

As médias são isso mesmo, médias. Há anos em que é muito mais e anos em que é muito menos. Mas uma família que tenha 3 filhos, vai gastar (usando as contas da APEL) em livros escolares tanto por mês quanto de luz ou de gás (conforme os gastos). Para uma coisa que deveria ser “gratuita”.

Vamos a contas

Fui comparar com os valores médios do cabaz de livros do ano passado (Podem ver o artigo que publiquei no ano passado) e é fácil perceber que TODOS OS CABAZES DE LIVROS EM TODOS OS CICLOS AUMENTARAM DE 2016 PARA 2017. É verdade que aumentaram pouco (cerca de 2 euros) mas multipliquem isso por centenas de milhares de livros e já dá um valor interessante.

Mas desse aumento não fala o Press Release da APEL. Podem lê-lo AQUI na íntegra: Comunicado Imprensa Livros Escolares Julho 2017

Valor médio do cabaz de manuais escolares por ciclo de ensino em 2017:

1.º Ciclo: 35€ | em 2016: 34,7 €

2.º ciclo: 97,2 € | em 2016: 96,4 €

3.º ciclo: 162,2 € | em 2016: 160,8 €

Secundário: 176,3 | em 2016: 174,8 €

Atenção que estes preços não incluem recursos didáticos, cadernos de fichas, CD e DVD, se for o caso.

Planeie a compra dos manuais

Com estes valores em mente já pode colocar de lado (se ainda não o fez) os valores respectivos para a despesa com livros escolares não ser uma surpresa quando tiver de os comprar. É uma questão de planeamento. Se tiver este dinheiro já num envelope ou numa conta à parte é mais fácil gerir o orçamento familiar. Já sabemos que nas férias por vezes gastamos mais do que planeamos e depois falta. Se já estiver guardado, ajuda.

Aproveite e veja este artigo e reportagem sobre como pode poupar na compra de manuais escolares.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Como compro lombos de salmão mais baratos do que fiambre

Como comprar lombos de salmão com 65% de "desconto" As saudades que eu tinha de escrever um artigo sobre as minhas poupanças diárias… Como sabem, a minha estratégia de poupança é ter sempre o melhor possível pelo preço mais baixo. Nunca é a poupança dos “coitadinhos”....

ATENÇÃO – Já só tem uma semana para entregar o IRS (ou para o corrigir)

Prazo acaba a 30 de junho - Evite as multas O prazo para entrega do IRS termina no dia 30 de junho. Falta uma semana. De acordo com o Portal das Finanças, até este domingo já foram entregues cerca de 5 milhões e 600 mil declarações (5 615 814). Em comparação com o...

Oficial – Parlamento aprovou o fim de portagens nas ex-SCUT

Abolição das portagens nas ex-SCUT a 1 de janeiro de 2025 É oficial. O Parlamento aprovou em votação final global a proposta do PS para eliminar as portagens nas ex-SCUT e nos troços "onde não existam vias alternativas que permitam um uso em qualidade e segurança". O...

PodTEXT Vamos a Contas | Onde devo investir se já estou perto da reforma?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

PodTEXT | O que é o movimento FIRE – É possível refomar-se mais cedo?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 3 meses e sobem a 6 e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (24 a 30 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

Isenção de IMT e Imposto de selo para jovens até aos 35 anos – O que já se sabe?

Lei já foi publicada em Diário da República Foi publicada esta quinta-feira em Diário da República a Lei (está aqui) que autoriza o Governo a avançar com a isenção do IMT e do respetivo Imposto de selo para jovens com idade igual ou inferior a 35 anos, na compra da...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Maiores de 35 anos podem aceder a isenção de IMT se comprarem casa com um jovem

Isenção de impostos também beneficia maiores de 35 anos Há cerca de três semanas, o Governo aprovou em Conselho de Ministros diversas medidas para facilitar a compra de habitação aos jovens até aos 35 anos. Entre elas, além da garantia pública de até 15% do valor do...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Nuno Ricardo

    Mas o que é feito da tal gratuitidade dos manuais escolares para o primeiro ciclo? Sempre existe? Ou continua a ser necessário adquirir os livros?
    Obrigado e boas poupanças!

    Responder
    • Pedro Andersson

      Sim. Existe. Só no ensino público.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.