Leu o Contas-poupança… “ganhou” 5 mil euros no IRS

Escrito por Pedro Andersson

27.04.17

}
1 min de leitura

Publicidade

Reembolso sobe de 1.000 para 6.000 €

Um colega meu aqui na SIC apanhou-me esta manhã no bar e supreendeu-me com um “Ontem fizeste-me ganhar 5 mil euros”.

Este meu colega vive em união de facto e tem um filho. Sempre pensou que como não está casado não podia entregar o IRS em conjunto e que o filho tinha de estar apenas num deles. Sempre pensou assim.

Perdoem-me os que acham que isto é básico. É, de facto. Mas infelizmente apercebo-me que deve haver milhares de contribuintes que acham o mesmo. Serve este alerta para esses.

Unidos de facto podem entregar em conjunto

Desde que morem com a mesma pessoa há pelo menos 2 anos PODEM entregar o IRS em CONJUNTO. Na enormíssima maioria dos casos compensa em milhares de euros (conforme os rendimentos).

O meu colega nos últimos anos recebeu 300 euros de reembolso da parte dele e 700 da parte da mulher.

Como leu recentemente no Contas-poupança que afinal pode entregar em conjunto resolveu (pela primeira vez) fazer a simulação. Deu-lhe 6 mil euros!

Já no ano passado, contei aqui que outro conhecido meu sempre recebeu cerca de 300 euros por ano de reembolso de IRS. Nas mesma circunstâncias, com esta dica, percebeu que andou a perder 1500 euros todos os anos nos últimos 10 anos. Este ano já aprendeu a lição :).

Bom, não custa lembrar outra vez: Os casados podem entregar em separado se quiserem e os unidos de facto podem entregar em conjunto sem problema nenhum.

Simulem sempre as duas situações todos os anos.

É só. Desculpem se me estou a repetir, mas fico sempre surpreendido cada vez que encontro casos assim. Para mim isto é mais que certo e sabido. Pelos vistos, não.

Partilhem.

É escusado o Estado ficar com dinheiro que é vosso!

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 6 e 12 meses e sobem a 3

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (17 a 23 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Este mês paguei 0,75 € de eletricidade – Como é possível?

É possível pagar 0,75 € de eletricidade por mês? Já sei que vou ser criticado por escrever este artigo, mas tudo bem. O importante é que perceba que é possível pagar muito pouco de eletricidade. Ninguém está condenado a pagar valores gigantescos, a menos que prefira...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #249 – O que é o movimento FIRE – É possível refomar-se mais cedo?

O FIRE é possível em Portugal? O FIRE é uma espécie de Liga dos Campeões das Finanças pessoais. É a sigla para Financial Independence, Retire Early (Independência Financeira, Reforma Antecipada) e é para uma pequeníssima minoria de pessoas que têm por objetivo...

PodTEXT Vamos a Contas | Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

Isenção de IMT e Imposto de Selo para jovens oficialmente aprovada

Medida para ajudar jovens a comprar casa vai avançar Há cerca de três semanas, o Governo aprovou em Conselho de Ministros diversas medidas para facilitar a compra de habitação aos jovens até aos 35 anos. Entre elas, além da garantia pública de até 15% do valor do...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (17 a 23 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PodTEXT | Como perder o medo de investir e começar a ganhar dinheiro?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

6 Comentários

  1. Maria

    Gostava de fazer uma pergunta impertinente, vivo com a minha irmã e dividimos despesas, casa, carro, alimentação, etc….posso fazer o irs em conjunto com ela?

    Responder
  2. Miria

    Bom dia. Já entreguei o irs,mas pode voltar a fazer e entreguar a 2* em substituição da primeira ,até k dia posso entreguar?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Até ao fim do mês sem coimas

      Responder
  3. Bruno alves

    Bom dia Dr Pedro
    Precisava de saber se ao fazer a alteração do IRS de 2015 neste caso paguei e agora da a receber!
    Será preciso fazer algo especial e como funciona a parte que eu já paguei além desta que da para receber?
    Fico lhe grato

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá Bruno. Contacte a sua repartição de Finanças para não falhar nenhum passo.

      Responder
  4. carlos

    Muito boa noite caro Pedro.
    sou trabalhador individual e recentemente a minha faturação foi um pouco mais elevada que no ano anterior , contudo a simulação de irs feita e o que foi na verdade reembolsado pelas finanças dá uma descrepância muito grande .
    qual o criterio utilizado e será que algo foi errado !?
    já agora e uma vez falando na entrega de irs em conjunto nunca entreguei em conjunto e tenho uma filha que entra no irs da mãe, a minha companheira tambem trabalha em nome individual, será que compensa a entrega em conjunto ?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.