“Consumir de preferência antes de…”

Escrito por Pedro Andersson

06.11.16

}
4 min de leitura

Publicidade

Esta reportagem criou alguma polémica junto de alguns espectadores (estava à espera disso, aliás). Mas é normal conceitos novos criarem resistências.

Nas horas seguintes ao “Contas-poupança” muitos tentaram aceder ao supermercado online “Good After” e não conseguiram porque foi uma enchente tal que os servidores deles foram abaixo durante muito tempo. Agora já está tudo normalizado, por isso escrevei a crónica semanal no Expresso sobre este novo tipo de supermercado que promete combater o desperdício alimentar (e não só) e que pode ser uma boa poupança para quem consome especificamente alguns dos produtos que eles têm à venda.

Resumi aqui a reportagem do Contas-poupança e acrescentei alguns dados e exemplos:

“Consumir de preferência antes de…”

É um conceito que já existe há muitos anos no Norte da Europa e nos Estados Unidos, mas que só agora chegou a Portugal. Descobri recentemente um supermercado exclusivamente online com produtos de marca com 30, 50 e até 70% de desconto. Aviso já que não é um conceito fácil de aceitar para muitos consumidores e que pode até ser polémico. Avalie.

Dois prazos de validade diferentes

Primeiro, temos de compreender que há dois tipos de prazos de validade. E fixarmos estes dois conceitos pode ser útil mesmo que não ache interessante o tal supermercado online. Há o “Consumir até…”, que é para levar muito a sério. É para produtos perecíveis – e consumi-los após esse prazo de validade é um risco que terá de assumir porque pode pôr em causa a saúde pública. É por isso que são retirados do mercado assim que esse prazo é atingido.

Mas há um segundo tipo de prazo de validade menos conhecido: é o “Consumir de preferência antes de…” A maior parte dos enlatados, molhos, especiarias, shampôs, cremes de beleza, aperitivos, batatas fritas, refrigerantes, etc. têm este prazo de validade. Este último prazo, tal como está na descrição, é uma “preferência”. Não é obrigatório.

wp-1478464759849.png

O “problema” é que as empresas e as marcas têm medo deste prazo e não colocam estes produtos com prazo preferencial à venda se o fim desse prazo já estiver perto. O que acontece a estas centenas de milhares de produtos? Em muitos casos vão para o lixo, embora estejam em perfeitas condições de consumo. É perfeitamente legal comercializar este tipo de produtos com este segundo tipo de prazo, mesmo depois de expirado.

20161106_203836.png

Há também milhares de embalagens de produtos que já não se vendem apenas porque a marca decidiu modernizar a embalagem e foram retirados das prateleiras dos supermercados. Estão dentro de todos os prazos.

30 a 70% de desconto

Foi assim que nasceu o supermercado Good After, que pode visitar AQUI. Eles vão buscar às marcas aquilo que já não vai para os hipermercados e colocam à venda com descontos de 30 a 70%, conforme o prazo de validade “preferencial” já esteja ou não ultrapassado. Terá de ver os preços e os produtos um a um ,porque são apenas as oportunidades daquela semana. Na semana seguinte já podem ser outros, ou os mesmos, mas com descontos diferentes.

O que mais me impressiona é saber que provavelmente milhares de pacotes de bolachas, enlatados e massas vão para o lixo se não forem comprados aqui. Há algumas marcas que os oferecem a instituições. Mas mesmo as instituições não precisam de todos os tipos de produtos e o transporte acarreta custos que por vezes não são suportáveis para as empresas e para as instituições.

20161106_203810

Se encomendar online, as suas compras chegam em princípio no dia seguinte pelo correio na morada que indicar (pode ser no emprego). Para não pagar portes, tem de fazer uma compra no mínimo de 49 euros. Se for menos, terá de pagar €3,95. Imagino que possa juntar produtos para várias pessoas diferentes (colegas ou família) e fazer a encomenda, se lhe interessar.

Veja se lhe interessa. É mais uma alternativa. Como disse no princípio, não é para todos, nem tem todos os produtos. Mas neste caso poupa a sua carteira e, sobretudo, ajuda a evitar o desperdício e poupa o ambiente.

Pode ler esta crónica no Expresso Online aqui:

http://expresso.sapo.pt/economia/2016-11-05-Consumir-de-preferencia-antes-de

No meu caso, com as acumulações que costumo fazer normalmente consigo comprar estes e outros produtos ao mesmo preço ou ainda melhor e dentro de todos os prazos, mas para quem não quer ou não sabe (ainda) fazer isso pode ter aqui alguns produtos interessantes.

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PodTEXT Vamos a Contas | Onde invisto 100€ todos os meses para os meus filhos?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (15 a 21 de abril)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PodTEXT | 5 sinais de alerta de que as suas finanças não estão bem

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

Quer fazer um Workshop gratuito de finanças pessoais? (Inscrições abertas)

Aprenda finanças pessoais gratuitamente Estão abertas as inscrições para a próxima edição do Finanças para Todos, da universidade NOVA SBE. O curso tanto pode online, como presencial (em Carcavelos) ou na área metropolitana do Porto. O curso terá lugar entre Outubro...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses, mas sobem a seis e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

VÍDEO | Como está a educação financeira nas escolas em Portugal? (Um bom exemplo)

Um bom exemplo de educação financeira nas escolas em Portugal Portugal está nos últimos lugares da Europa em literacia financeira. Isso quer dizer que, para além de ganharmos pouco, ainda por cima temos muita dificuldade em gerir bem o pouco dinheiro que temos. A...

Inflação voltou a aumentar em março para 2,3%

Inflação em Portugal volta a subir pela segunda vez em 2024 A taxa de inflação homóloga em Portugal passou de 2,1% em fevereiro para 2,3% em março, confirmou esta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE), depois de ter lançado os valores provisórios a 28...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #230 – Vamos a contas | Onde invisto 100 € todos os meses para os meus filhos?

Onde ponho a render o dinheiro dos meus filhos? Uma ouvinte tem a disponibilidade de colocar 100 euros por mês de lado para o futuro dos seus dois filhos pequenos. Ela pergunta qual é a melhor maneira de pôr esse dinheiro a render. Esta é uma dúvida comum e que pode...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.