Entreguei o IRS Automático, mas ainda podia receber mais. O que faço?

Entreguei o IRS Automático, mas agora percebi que podia receber mais. O que faço?

Foi a pergunta que o Miguel Silva fez há pouco no blogue do Contas-poupança. Imagino que milhares de contribuintes aceitaram o IRS Automático sem sequer verificar se estavam lá as deduções todas simplesmente porque acharam que o valor era semelhante ao do ano passado.

Pensemos um pouco. De ano para ano a lei do IRS muda sempre. às vezes mais, às vezes menos. O facto de receber o mesmo (pela simulação) que no ano passado não quer dizer que esteja certo! Certo no sentido de receber o máximo a que tem direito.

Se calhar a lei mudou e em vez de receber 700 €, devia receber este ano 1.100 € mas como a simulação deu 700 como no ano passado, aceitou? Assim, sem ver?

Sei de casos também em que um casal trabalha por conta de outrem e teve “direito” ao IRS Automático, mas o outro membro do casal passa recibos verdes e por isso não tem direito. Como apareciam as contas todas feitas aceitaram logo aquela conta “em separado” e agora o outro também vai entregar em separado, porque o primeiro já entregou. Alguns pensam que é a mesma coisa. Que a soma dos dois é igual a entregar em conjunto. NADA MAIS ERRADO!

Quero corrigir

Bom, alguns perceberam que se precipitaram ou que se enganaram. Foi o caso do Miguel que quer (e bem) corrigir o IRS.

Eu já meti o IRS, mas foi por automático e separado. Hoje reparei se tivesse metido o IRS em conjunto o meu reembolso seria mais. O que devo fazer? Hoje recebi o reembolso.
Aguardo uma resposta

É simples. É entregar nova Declaração pela internet como fizeram no ano passado.

Isso mesmo está nas respostas da Autoridade Tributária sobre o assunto.

Tem o Documento completo da AT AQUI.

Sim, é verdade que agora vai dar mais trabalho do que se tivesse recusado o IRS Automático e entregue logo em conjunto. Mas acontece. Não há problema nenhum, apesar de já ter recebido o reembolso.

Vai entregar a segunda declaração. Será de Substituição (quando entrar no Portal das Finanças). Irá talvez dar alguns erros ou divergências, talvez tenha de ir às Finanças. Mas é dinheiro seu e tem direito a ele. Avance com isso, Miguel, e corrija o que tiver a corrigir. Não há stress.

 



10 comentários em “Entreguei o IRS Automático, mas ainda podia receber mais. O que faço?

  1. Samba Djau Reply

    Um bem haja pelo serviço público que fazeis.
    Venho questionar o seguinte: o sujeito tem 2 filhos, com a mesma mãe, e ambos decidem que os descendentes ficam com no IRS do pai(!), que complicações poderiam acarretar, tendo em conta que o sujeito e a mãe dos descendentes funcionam como separados, mesmo por vezes não o sendo totalmente. Complicações a nível de abono, interfere, se as despesas dos filhos ficarem no IRS do pai?

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Nessas condições só o pai é beneficiado pelas deduções dos filhos, desde que desconte para o IRS ao longo do ano.

  2. André Ferreira Reply

    Bom dia, obrigado pela informação.
    Entreguei o IRS automático porque me pareceu semelhante o valor relativamente ao ano passado.
    A declaração já se encontra com a informação de reembolso emitido, mas ainda não ocorreu, deverá estar para breve.
    Mas como poderei simular, manualmente, se o valor, seria ou não igual ou bastante diferente?
    Abro como se fosse fazer uma de substituição e preencho? E depois se o valor até for semelhante ou igual? Dá para cancelar e simplesmente não avanço? Ou sou mesmo obrigado a avançar com a de substituição.
    Imaginemos a situação que o valor se mostra diferente, se avançar com a de substituição, e uma vez que a situação já se encontra em reembolso emitido, como se procede, o dinheiro entra e depois as diferenças serão acertadas?
    Desde já o meu obrigado.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Simula mas não entrega. Só se for melhor é que entrega. A AT depois acerta as contas. Tem de avaliar se a diferença compensa o esforço.

  3. Maria de Fátima Pinto Reply

    O ano passado não coloquei o meu filho no agregado familiar
    Este ano recebi irs automático e não consigo mudar
    Diz que já passou o prazo
    Como faço para colocar meu filho

  4. Joao Reply

    Nunca , mas nunca aceitar o IRS automático. Sou inquilino e o meu senhorio todos os meses emite o respectivo recibo electrónico. Confirmo que eles estão emitidos, mas o IRS automático não os assume. Se aceitasse o IRS automático iria pagar cerca de 120€, fazendo a entrega de declaração e adicionando o somatório de 12 recibos de renda, vou receber 400€. Já o ano passado foi assim.

  5. Vera Branco Reply

    Não tengorda IRS automático, será que foi por o meu marido ter mudado de emprego? Tenho também o reembolso por metade dos anos anteriores. Estou a pensar ir ter com um técnico

  6. Jucilenemeira Reply

    Boa tarde queria tirá tira uma dúvida não válide as senha dos meus filhos no IRS agora não consigo colocar eles no meu agregador familiar o que eu faço

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Tem de pedir senhas para eles o mais depressa possível. Pela internet ou indo pessoalmente a uma repartição de Finanças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *