Ganhou 2.155 euros porque leu um artigo do Contas-poupança

Mais um cliente satisfeito!

Um espectador/leitor do blogue Contas-poupança acaba de entregar o IRS com uma agradável surpresa e mandou-me uma mensagem privada que partilho convosco, com autorização dele. Acabou de saber que vai receber mais 2 mil euros do que estava à espera porque acompanha o blogue regularmente e apanhou uma dica que se aplicava a ele.

Bom dia.

Antes de mais informo que sigo tanto o Blogue como as reportagens SIC com frequência. Estão de Parabéns.

Fizemos simulações em conjunto e em separado. Vamos ter um reembolso de 2.155.74€ a mais do que se fizéssemos em separado. Explicando, eu como estive de baixa e a receber pelo seguro durante todo o ano de 2017, não tive rendimentos, logo achava que não poderia entregar a declaração de IRS e tive muitas despesas de saúde, visto ter sido operado, rendas, etc, todas estas despesas não teriam dedução.

Mas por ter lido sobre isso no blogue, optamos então por fazer o IRS em conjunto, mesmo tendo as moradas fiscais diferentes, fomos à Junta de Freguesia e passaram-nos o atestado em como vivemos em união de facto há mais de 2 anos. Resumindo, se a minha namorada fizesse o IRS sozinha teria um reembolso de apenas 457.26€ e eu não poderia fazer. Deste modo ao fazermos em conjunto ela foi automaticamente buscar todas as minhas despesas.

Partilho o meu caso, pois não sabia que podia entregar o IRS mesmo sem ter qualquer tipo de rendimentos. Uma vez mais, muito obrigado por todas as dicas que são dadas com tanta regularidade neste blogue!

A dica é esta:

VÍDEO – IRS – Como sei se devo entregar em separado ou em conjunto?

 



2 comentários em “Ganhou 2.155 euros porque leu um artigo do Contas-poupança

  1. lucia de jesus rodrigues Reply

    Boa Tarde, adoro o seu programa e sigo as dicas. Mas gostaria de uma dica sua para o meu caso, trabalho num onde o ordenado é o normal de muitos de 635 e como vivo só com o meu filho que o criei sempre só e sem ajudas do pai. Tive que procurar um part time de fim de semana onde são mais 345€ e o meu filho que tem uma doença grave temporária onde pouco ou nada vê chamada que rato cone. Não tenho ajudas, é ele com 23 anos trabalha à part time também com 350. O que eu gostaria de saber já que fazemos IRS juntos e com a vida que temos tenho, porquê que tenho que pagar IRS de 609€. Será que faço algo mal ou trabalho para aquecer? Peço a sua ajuda, onde estarei a errar. Obrigado pela atenção bjs

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      A Lúcia tem Facebook? Coloque a sua questão em “Contas-poupança – As suas dúvidas” talvez um contabilista lá a possa ajudar a resolver isso. Tente por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *