CGD volta a aumentar comissões e acaba com isenção para jovens

Jovens perdem isenção de comissões na CGD

O cerco continua a apertar. A maioria dos bancos está a acabar com todas as isenções (aos poucos) e a aumentar as comissões que já existem. A CGD acaba de anunciar o preçário que vai entrar em vigor em Maio.

Até agora os jovens entre os 25 e os 29 anos (com Megacartão Jovem) estavam isentos de comissões de manutenção de conta. Isso acaba a 1 de Maio. Vão passar a pagar mensalmente 4,95 € + imposto de selo (4%), o que dá 5,15 €. Ou seja, 61,80 € por ano. Só para ter a conta aberta. Fora tudo o resto. Por exemplo, o cartão de débito (Multibanco) sobe de 12,50 € para 14,56 €.

Levantar dinheiro com a caderneta custa 1 €

Quem ainda usa a Caderneta para levantar dinheiro ao balcão também vai ter de pagar uma comissão de 1 euro cada vez que o fizer. A ideia é fazer as pessoas deixarem o balcão “livre” e passarem a usar o multibanco. Há exceções para esta taxa
ser cobrada. Coloco abaixo o link para o folheto da CGD para lerem tudo ao detalhe se tiverem interesse.

Comissões de processamento também aumentam

Foram também aumentadas as comissões de processamento do pagamento das prestações do Crédito pessoal e do Crédito automóvel. Os cheques também vão ficar mais caros. Os módulos de 5 passam a custar 11,50 € e os módulos de 11 sobem para 25,30 €.

Uma novidade “boa” é que a CGD vai isentar a comissão de reembolso antecipado a quem liquidar um empréstimo, desde que faça o novo crédito na Caixa Geral de Depósitos. Pode dar jeito a alguém.

Tem aqui abaixo link para o folheto da CGD com todas as novidades ao detalhe.

Comunicacao-Alteracao-Precario-Comissoes-Despesas_Mai2018

Há alternativas

Em resumo, se tem mais de 25 anos e é cliente da caixa tente arranjar maneira de não pagar a comissão de manutenção de conta. Na Caixa ou noutro banco. Quase 65 euros por ano só para ter a conta aberta podendo arranjar alternativas…

Pode ver algumas alternativas AQUI neste artigo sobre bancos que cobram ZERO.

E AQUI mais informações sobre as outras comissões da CGD que entraram em vigor em Setembro passado. No meu caso, por usar o cartão de Crédito uma vez de 3 em 3 meses continuo isento, como explico AQUI. Em janeiro já comprei uma coisa qualquer num hiper com o Cartão de crédito. Até Março estou livre das comissões. Depois em Abril compro uma pastilha elástica e assim sucessivamente.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança. Assim não perde nenhuma dica.



2 comentários em “CGD volta a aumentar comissões e acaba com isenção para jovens

  1. PauloPinto Reply

    O saque continua…. e o que acontece é que as Leis so os decendem a eles e nao aos clientes/consumidores… eu quando fiz o contrato do meu credito habitacao foi sempre com o pressuposto de que as regras se iriam manter no decorrer de todo o contrato…. e agora alteram tudo (sempre com prejuizo para o cliente) e dizem que se quiser cancelar o credito ou transferi-lo para outra instituição serei seriamente penalizado. Ladroes é o nome que lhes assenta que nem uma luva

  2. Pedro Pinto Reply

    Outras alternativas:

    Caixa Credito Leiria
    (com caderneta para os interessados)

    Bankinter
    Acho que se mantém (?)
    – conta mais ordenado, com determinada condições remunerada:
    ≤ € 5.000
    1.º Ano 5,00%taxa bruta – Liquida 3,60%
    2.º Ano 2,00% taxa bruta – Liquida 1,44%

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *