EURIBOR continua a descer – mínimos históricos

Euribor hoje

A de 3 meses fica igual e as de 6, 9 e 12 meses voltam a descer

As taxas Euribor mantiveram-se hoje a três meses e desceram a 6, 9 e 12 meses. A 9 e 12 meses desceram para novos mínimos de sempre.

Euribor 3 meses

A Euribor a três meses está em valores negativos desde 21 de abril de 2015. Hoje manteve-se nos -0,329%.

Euribor 6 meses 

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação desceu para -0,274%.

Euribor 9 meses 

A nove meses, a Euribor foi hoje fixada em -0,222%, um novo mínimo de sempre.

Euribor 12 meses 

No prazo de 12 meses, a taxa Euribor foi hoje fixada em -0,176%, um novo mínimo de sempre.

Para que servem estes dados?

Quando pedimos um empréstimo ao banco para comprar casa, na maior parte dos contratos ficou definido que todos os meses pagamos de juro o spread (lucro do banco) + Euribor (o juro a que os bancos emprestam uns aos outros). Ora, desde 2015 que a Euribor entrou em valores negativos. É o pesadelo dos bancos portugueses.

É que quem tem um spread de 0,5 (por exemplo com euribor a 6 meses), neste momento só paga 0,5-0,274=0,23%.
E sempre que desce mais uma milésima, é menos que paga na prestação e menos que o banco ganha. Mas foi o que ambos assinaram.

O banco devia estar a pagar a sua casa?

Agora imagine o caso de alguém que tem um spread de 0,3 com Euribor a 3 meses. O que acontece é que a Euribor negativa já é maior do que o spread. Ou seja, pelas regras da matemática, o banco devia estar a pagar a sua casa.
Mas o que os bancos estão a fazer (é o meu caso) é quando o valor chega ao zero, pára. Neste momento só estou a amortizar a casa e a pagar zero de juros relativamente ao spread.

Pode ver AQUI a reportagem que fiz sobre o assunto. Se tiverem alguma dica sobre este tema, digam.

Fiz uma breve sondagem no grupo de Facebook “Contas-poupança – As suas dúvidas” e percebi que havia interesse em que regularmente indicasse aqui a evolução da Euribor. As alterações são diárias mas fá-lo-ei apenas quando achar que se justifique senão passa a ser uma espécie de boletim meteorológico. Mas o importante é andarem em cima das contas que fazem a vossa prestação da casa. E saberem quando a maré virar. Sim, porque a Euribor não vai continuar assim muito tempo. Sem querer estar a dar conselhos, não seria má ideia por dinheiro de lado para amortizar a casa antes que a prestação suba. Assim, quando a Euribor subir, podem baixar a prestação amortizando a casa.

Mas eu sei que o português quando tem um folga no orçamento tem outras prioridades em vez de pôr de lado, não é? Eu sei. Também sou (semi) português…

 

 



7 comentários em “EURIBOR continua a descer – mínimos históricos

  1. Luisa Ricardo Reply

    Olá,

    Não se pode fazer nada para obrigar os bancos a cumprir com o contrato?

    Obrigada,

    LR

  2. pedro sousa Reply

    Ola,em relacao aos bancos,eles sao uma empresa certo,se eles sao uma empresa , nao sao obrigados a passar uma factura das comissoes e impostos de selos que cobram ? E podemos depois meter no IRS?
    Obrigado e continuem o bom trabalho que fazem ;))

  3. Ana Reply

    Pedro já tentei contestar várias vezes o meu 0 que é negativo na realidade. Já vi várias exposições Sobre o tema, tem alguma recomendação ? Devemos reclamar?

  4. Andreia Reply

    Olá! Obrigada pela informação, fui uma das pessoas a dizer que me interessava o valor da Euribor. A questão que tenho para colocar seria qual o valor que vale a pena primeiro amortizar, valor da casa (parcialmente) ou o valor do carro? Tem a ver com o cálculo de juros pagos no momento? Certo? Ou com a intenção de ficar com ambos a longo prazo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *