Baixe já a taxa de juro do seu Cartão de Crédito

Em poucos minutos, passou para quase metade

Com um telefonema, baixei o juro do meu Cartão de Crédito de 26,99% para 14%. Assim, sem mais nada. E você? Sabe qual é o juro associado ao seu Cartão que está a pagar?

Mesmo que não use o seu cartão, isto interessa-lhe

Por muitos motivos, provavelmente tem um Cartão de Crédito (ou vários) mesmo que os tenha só na gaveta. Ao contratarmos um Crédito à Habitação muitos bancos “obrigam-nos” a ter um.
A questão é que um dia vamos precisar usá-los e, se não pagar logo a 100% no fim do mês, vai pagar juros. E os juros são altíssimos – a chegar quase aos 30% ou mais. É por isso que recorrer aos Cartões de Crédito sem consciência é um perigo para as suas finanças.

Mas se precisar MESMO usá-los, podem “safar-nos” em algumas situações. E é nessa altura que convém que pague o menor juro possível.

Mas posso baixar o juro do Cartão de Crédito?

Sim! Se o contratou há cerca de 10 anos nessa altura os juros eram estratosféricos. Se ainda mantém esse cartão o juro permanece igual. Não mudou com o tempo.

Mas a lei sim. O Banco de Portugal regularmente divulga o valor máximo que os bancos podem cobrar de juros. É a média dos juros praticados no mercado nos meses anteriores. E esse valor tem baixado muito nos últimos anos.

Portanto, liguei para o apoio ao cliente do meu cartão de Crédito e perguntei qual era o juro que estava contratado no meu cartão. A resposta foi: 26,99%. Arredondando, se tivesse feito uma compra em Julho passado pagaria 27% de juro sobre esse valor.

Perguntei:
– “Se eu fosse agora um novo cliente vosso qual era o valor que faziam?”
-“14%”.
– “Então, quero que me baixem para esse valor, uma vez que sou vosso cliente há tantos anos e sempre fui cumpridor”.
Resposta:
– “Não podemos. Foi o valor que contratou, não podemos mexer. Só se rescindir e fizer um contrato novo”.
– “OK. Não é tarde nem é cedo. Quero rescindir”.
– “Ah, pois, mas então não pode ser nosso cliente pelo menos durante 6 meses…”
– “Como?! Então quero mesmo rescindir, se faz favor.”
– “Com certeza. Vou passar ao nosso departamento de retenção”.

Assim foi. Falei com uma senhora desse Departamento a quem expliquei que só queria que me baixassem a taxa de juro para a que praticam com os novos clientes. Se não o fizessem queria rescindir e arranjava um Cartão de outra Financeira.

Baixou imediatamente a taxa de 26,99% para 14%. Em segundos. Perguntei porque é que a primeira pessoa que me atendeu não me fez isso. Foi-me explicado que nos Call Centers, no primeiro atendimento, não têm autorização para fazer mudanças de taxas de juro. Aliás, a senhora que me atendeu jurava a pés juntos que era impossível. Estou convencido que era mesmo a instrução que tinha recebido na formação.

Insista e não desista

Portanto, em resumo, ligue para o seu banco ou Financeira e peça que lhe baixem imediatamente a sua taxa de juro para o valor que praticam atualmente para novos clientes. Vão provavelmente, responder-lhe que não dá e que é impossível. Não perca tempo com essa conversa. Peça para transferirem a chamada para o departamento de retenção de clientes. Explique o que pretende e ameace rescindir se for preciso (avalie se é do seu interesse, pode haver a questão do spread). No meu caso é um cartão de Crédito grátis. Caso não baixem, pondere apresentar queixa no Banco de Portugal.

Vale a pena o esforço?

Imagine que faz uma compra de 1.000 € (é apenas um exemplo, OK?). A juros de 27% vai pagar 270 euros. Reduzindo o juro para 14%, paga 140 euros. Menos 130 euros. Multiplique isto pelo tempo que estiver a amortizar o pagamento.
Só com um telefonema. Convém fazer isto antes de usar o cartão para ter efeitos nas compras futuras. E se está atualmente a fazer pagamentos mensais só esta dica pode fazê-lo poupar muito dinheiro quase sem esforço nenhum.



22 comentários em “Baixe já a taxa de juro do seu Cartão de Crédito

  1. Rui Freitas Reply

    O meu Grande obrigado a este senhor e toda a equipa.
    Baixei de 26,99% para 14. E de forma simples, logo no primeiro atendimento, a sra disse que conseguia melhor que os 17% praticados a novos clientes, que conseguia 14%. Feito…
    Bem hajam.

  2. Pedro Reply

    Bom dia, gostaria de saber qual é o melhor banco para pedir crédito pessoal?

  3. Catarina Gonçalves Reply

    Acho que existe só uma pequena incorrecção no que disse ou então eu entendi mal: se eu dever 1000€ e demorar um mês a pagar, não vou pagar 270€ de juros. Uma vez que a taxa é anual, tem que dividir o valor da TAN por 12, e esse será o valor da taxa a pagar por cada mês a mais que se demora a pagar. Se demorar um ano a pagar, pode aplicar a TAEG que já tem em conta o efeito cumulativo dos juros mas não inclui as comissões dos cartões de crédito.

  4. Sophia Reply

    Caro Pedro Andersson,

    O Banco de Portugal pública desde 2009, trimestralmente, os limites máximos para o crédito ao consumo http://clientebancario.bportugal.pt/pt-PT/TaxasJuroCambio/TaxasdeJuro/Creditoconsumidores/Paginas/Taxasmaximas.aspx Não estão os bancos obrigados a actualizar automaticamente as taxas de juro dos respectivos cartões de crédito? Qual o argumento legal dos bancos para praticarem taxas de 26,4% e recusarem as actualizações trimestrais, quanto a taxa actual maxima for 12% ou 13%?

  5. Sophia de Estoril Reply

    Caro Pedro Andersson,

    O Banco de Portugal pública desde 2009, trimestralmente, os limites máximos para o crédito ao consumo http://clientebancario.bportugal.pt/pt-PT/TaxasJuroCambio/TaxasdeJuro/Creditoconsumidores/Paginas/Taxasmaximas.aspx Não estão os bancos obrigados a actualizar automaticamente as taxas de juro dos respectivos cartões de crédito? Qual o argumento legal dos bancos para praticarem taxas de 26,4% e recusarem as actualizações trimestrais, quanto a taxa actual maxima for 12% ou 13%?

  6. J. Campos Reply

    Boa tarde!
    Essa situação também se aplica a uma linha de crédito da Cofidis?
    Muito obrigado.

  7. Vitor pinheiro Reply

    Boas no meu caso tenho um cartão de crédito do wizink bank e já liguei para lá já ensisti e não baixam a taxa de juros que está 27 já canselei o cartão mas como nao posso pagar a totalidade da dívida do cartão o que devo fazer para baixar a taxa de juros então ?

  8. Jorge Jordão Reply

    “Imagine que faz uma compra de 1.000 € (é apenas um exemplo, OK?). A juros de 27% vai pagar 270 euros. Reduzindo o juro para 14%, paga 140 euros. Menos 130 euros.”
    Isto se estiver um ano a pagar a dívida, certo?
    Se por exemplo pagar em 2 meses paga 45 euros no primeiro caso e 23,33 euros no segundo.
    E se pagar no final do próprio mês (a forma mais segura de usar cartão de crédito), paga zero em qualquer caso.

  9. Cristina Bento Reply

    Boa tarde,

    Eu já tentei e não consegui, insisti e persisti, suponho que pelo excesso de chamada a pedir o mesmo….
    A minha taxa é de 26.99€ também, como faço para reclamar ao banco de portugal?

  10. Gustavo Reply

    E está feito! Ligámos para lá, disseram que não dava, só com contrato novo, pedi para transferir para a retenção de clientes e ficou feito!

    • Gustavo Reply

      Só uma correcção:

      Depois de pedir a transferência da chamada, a senhora pediu para aguardar e, de seguida, a mesma senhora que antes tinha dito que não era possível, fez a alteração das taxas.

      • Pedro Andersson
        Pedro Andersson Post authorReply

        Maravilha! Posso perguntar se reduziu a sua prestação da dívida atual a partir da próxima prestação?

  11. Marta Pires Reply

    Bom dia . Gosto muito dos seus artigos . E qual o melhor cartão de crédito do mercado ??? Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *