Lâmpadas do carro: Poupei 20 euros com pouco trabalho

Não percebo nada de mecânica, mas…

Quem me conhece na “vida real” já sabe que eu e os carros temos uma relação de desconhecimento absoluto. Eu sei que têm 3 pedais, um volante e uma série de mudanças. E que é preciso meter combustível quando o ponteiro está no vermelho. E de “mecânica”, é quanto basta.

No carro da minha mulher, fundiram-se uma lâmpada dos médios e uma dos travões. Como o carro não pode andar assim, tentei resolver a situação o mais rapidamente possível. Passei junto a uma oficina daquelas conhecidas e parei.

– Não é tarde, nem é cedo. Tem de ser, antes que seja parado pela polícia.

Tirei a senha, esperei pela minha vez. Expliquei o problema e deram-me o orçamento: 40 euros. Desculpe? 40 euros.
Por duas lâmpadas? Quanto custa cada uma? A dos médios 15 € e a do travão 5 € (o conjunto de duas). E isso dá 40 €? Sim, porque a mão-de-obra é 10 € por cada lâmpada.

Não tenho nada contra a tabela de preços destas oficinas. Eles podem pedir o que quiserem (e os trabalhadores têm de receber o seu salário). Eu não tenho é de pagar o que me pedem.

Seja injusto ou não, achei absolutamente exagerado pedirem-me 20 euros para mudar duas lâmpadas, mais o custo das lâmpadas. Adeus e até à próxima.

Lembrei-me que há mais de um ano aconteceu-me uma coisa parecida com o outro carro. Sem perceber nada e sem nunca o ter feito, tinha mudado também os médios da carrinha. Se consegui naquele carro, talvez também consiga neste…(Pode ver aqui esse vídeo).

E assim foi, passei pelo hipermercado, pedi ajuda para escolher as lâmpadas corretas e comprei-as (com desconto).

 

Mudei eu as lâmpadas do carro

Abri o capot do carro e tentei perceber como abrir a tampa que dá acesso à lâmpada fundida. No modelo deste carro (Golf IV), tem um arame que prende a tampa. Puxei o arame para o lado e a tampa soltou-se. Puxei a ficha dos fios elétricos e a lâmpada fundida saiu com toda a facilidade. Coloquei a nova no mesmo lugar, liguei os fios elétricos, voltei a pôr a tampa e novamente o arame a prender. E voilá. Feito.

Foi mais ou menos como mudar uma lâmpada em casa. A sério. Só sujei um pouco os dedos. A luz do travão atrás também foi simples. Bastou olhar para tampa das lâmpadas na bagageira 1 minuto. Peça ajuda a alguém que saiba.

Se na oficina me tivessem pedido menos para mudar as lâmpadas talvez nem tivesse pensado duas vezes. Mas confesso que me irritou pedirem-me 20 euros só pelo trabalho de tirar duas lâmpadas fundidas e colocar novas.

“Meu Deus, este tipo deve ser um forreta…”

Podem pensar o que quiserem. O “Faça você mesmo” é uma excelente maneira de poupar se estivermos nessa onda. Aplica-se a tudo no nosso dia-a-dia. Consigo fazer eu em vez de pagar a outros?

Recordo que digo a brincar que a moeda oficial do Contas-poupança são os litros de leite. Só por ter mudado eu (que não percebo nada disto, só tive de olhar 2 minutos para perceber como se fazia) as lâmpadas, poupei dinheiro suficiente para comprar 44 litros de leite. Ou 26 kg de arroz. Na verdade até poupei mais porque as lâmpadas (comprei de marca) foram mais baratas que na oficina.

É o que é. Só faz quem quer (se o modelo do vosso carro não for complicado). Mas a ideia é o conceito de fazermos nós. Às vezes é só tentar.



8 comentários em “Lâmpadas do carro: Poupei 20 euros com pouco trabalho

  1. Lurdes Lopes Reply

    A dica bem como os comentários deram-me “pica” para me aventurar a mudar uma lâmpada dos médios que se encontra fundida.
    Muito obrigada e por favor continue a enviar dicas.
    CMC Lurdes Lopes

  2. João Soares Reply

    Só existe o problema das mesmas ficarem bem alinhadas.
    Depois andam na estrada uns “artistas” com os médios a apontarem para a Lua! 😉

  3. PAVC Reply

    Tal como o Pedro, eu também tenho um VW Golf… no qual, apesar de eu não ser nenhum “entendido” em assuntos de mecânica, por norma também sou eu que faço as trocas das lâmpadas à medida que se vão fundindo!
    Realmente é verdade o que o Pedro diz…. graças à “chico-espertice” de alguns, nada melhor do que experimentarmos nós mesmos… só custa um pouco à primeira vez, porque depois é bastante fácil fazer a substituição/”meter as mãos na massa”!

  4. Joao Reply

    Bravo, mais uma vez! Eu faço igual e como a internet é uma dádiva de Deus nada como fazer uma pesquisa para saber se vale ou não os 20 euros de mão de obra pela exemplificação do processo em vídeo 🙂 Religião à parte, Deus abençoe a livre informação!

    Se sou ou nao forreta? Prefiro que o capital fique do meu lado olhando ao tempo despendido na tarefa vs. salário hora. Litros de leite é uma excelente moeda, por sinal eu utilizo outra moeda: quantas horas tenho de trabalhar para pagar isto, ficamos a ver as coisas logo de outra perspectiva.

    Bem haja e mais uma vez continue porque eu agradeço lhe as dicas todinhas que divulga!

  5. Hp Reply

    Tudo bem.
    Então comecem a aventura de mudar um médio do lado do motorista de um fiat stilo.
    Prefiro dar 20€ do que ir mudar o raio da lâmpada.
    O resto, já faço eu.
    Cumprimentos

  6. Wilson Neves Reply

    Qualquer marca de automóveis pode que se preze tem indicação no manual de como trocar as lâmpadas. Uns mais simples do que outros, mas na generalidade qualquer pessoa está apta a mudar as lâmpadas.
    Quando ao preço pedido para substituir duas lâmpadas, tambem acho um exagero. O preço há de hora numa oficina ronda os 30 euros, mas mas inclui os investimentos indispensáveis em ferramenta e esquipamento, e algo que se pode para substituir lâmpadas não é necessário. Mas é como diz, é só lá vai quem quer.

  7. Myself_PT Reply

    Na minha viatura tenho sido eu a trocar as lâmpadas que se vão fundindo (Tenho uma Mitsubishi Space Star das originais)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *