E-Fatura – Onde estão as despesas de saúde, seguros, bancos, rendas e escolas públicas?

Onde estão?

Vou tentar explicar da forma mais simples possível :).

No e-Fatura só entram faturas com NIF.

Só as empresas é que são obrigadas a passar faturas.

As instituições públicas, como não são empresas privadas e não têm como objectivo primordial o lucro, não passam faturas. Passam recibos.

Como hospitais, escolas, etc. não passam faturas essas despesas (embora tenham o seu NIF ou dos seus filhos) não entram no e-Fatura. Então entram onde?

Só aparecem em março

Senhorios com mais idade, bancos e seguradoras, embora privados, devem de acordo com a lei entregar durante o mês de janeiro na Autoridade Tributário (AT) todos os valores que receberam de cada NIF ao longo do ano anterior. Os hospitais e escolas públicas também.

Onde vão aparecer essas despesas?

Este ano vai acontecer o mesmo que no ano passado. Em março, no Portal das Finanças (não no e-Fatura) vai surgir a página das Deduções à coleta. Podem ver aqui o aspecto dela no ano passado.

 

 

É aqui que vão aparecer todas as suas despesas que agora lhe faz confusão não estarem no e-Fatura quando foi lá agora verificar se estava tudo bem.

Em março, para ver se entrou tudo como deve ser vai ter de clicar em “detalhes”. Veja a foto abaixo.

 

Ao clicar em “detalhes” vai ver as faturas uma a uma e a soma que dão nas respectivas subcategorias seja de saúde, educação ou outra.

Se for como no ano passado, não vai poder alterar nenhum destes valores nesta página. É mesmo só para ver. A alterar alguma coisa só mesmo no Modelo 3 e respectivos anexos quando preencher o IRS.

Uma coisa de cada vez

Em resumo, não precisam ficar preocupados porque as faturas não aparecem ou porque tentam alterar para a respectiva categoria e não conseguem porque diz, por exemplo, que o Centro de Saúde não tem CAE de Saúde. Parece estranho, mas de facto não tem, porque os Centros de Saúde não têm uma Atividade Económica. São serviço público.

Portanto, preocupem-se, por agora, até 15 de fevereiro em “fechar” o que está no e-fatura vindo de empresas privadas. Isso sim.

O resto vamos fazer depois com calma. Uma coisa de cada vez.

Mas deviam aparecer todas no e-fatura? Sim!

Evitava esta confusão? Sim!

Vão alterar isso? Não sei. É uma das perguntas que vou fazer ao Secretário de Estado das Finanças na próxima entrevista que lhe fizer.

Tem algumas dicas básicas sobre cuidados a ter quando preencher o IRS neste artigo que escrevi na revista Telenovelas (e tem mais 9 dicas para poupar em 2017). Pode descarregar o PDF AQUI. É grátis!



73 comentários em “E-Fatura – Onde estão as despesas de saúde, seguros, bancos, rendas e escolas públicas?

  1. Jaime Ferreira Reply

    Boa noite
    Não é possível deduzir os juros de habitação própria e permanente de contrato anterior a 2011?
    Obrigado

      • Jaime Ferreira Reply

        Desde já obrigado.
        Estranho porque não consigo encontrar as mesmas na declaração pré-preenchida e nem me pede para inserir o número do artigo urbano.
        Tenho de fazer alguma coisa?

        Obrigado

  2. Maria Reply

    Ola Pedro, pode me dizer por favor qual o prazo para emissão do recibo electrónico de renda no portal das finanças? Obrigada

  3. Rita Silva Reply

    Olá,
    ao preencher o IRS em que anexo aparecem os valores que constam no E-factura?
    Se não tiver deduções para além das que se encontram no E-factura é necessário preencher o anexo H?
    Obrigada

  4. Rita Silva Reply

    Olá,
    ao preencher o IRS em que anexo aparecem os valores que constam no E-factura?
    Se não tiver deduções para além das que se encontram no E-factura é becessário preencher o anexo H?
    Obrigada

  5. C.Filipa Reply

    Boa tarde. Preciso de esclarecer uma questão que me está a deixar preocupada. Aluguei casa em Dezembro de 2016. Teria que ter uma renda no IRS. Mas esta não aparece. Já me informei e isto acontece porque a minha morada fiscal é diferente da morada da casa que aluguei. Preciso de saber:é obrigatório mudar d morada fiscal? Eu não pretendo fazer desta a minha morada permanente. prefiro continuar com morada fiscal nos meus pais. Sei que assim não posso apresentar as facturas da renda no IRS mas acho que o valor de reembolso não justifica o trabalho que vou ter e sobretudo acho que não vale a pena mudar de morada quando daqui a um ano posso nem estar ali.
    Sou obrigada a mudar de morada?
    Mais uma questão:as facturas da renda estão no portal das finanças mas n aparecem em lugar algum do efactura.nem nas despesas gerais. É normal?
    Obrigada

  6. Flávio Reply

    Boa tarde,
    O meu senhorio não inserir as rendas de 2016, apesar de ter passado recibos
    Ainda os posso registar no e-factura?

  7. Vera Martins Reply

    Boa tarde,
    Onde estão as despesas que apareciam no portal do E-fatura no preenchimento do IRS?
    Eu trabalho a recibos verdes e hoje experimentei a fazer o IRS e pedi declaração pré-preenchida mas tive que colocar todos os valores e os do E-fatura não os encontrei, inclusive os da renda que pago por uma casa alugada.

  8. Conceição Reply

    O seguro de saúde não está a aparecer não está a aparecer no quadro 6 dos benefícios fiscais. Posso introduzir manualmente?

  9. Nuno Reply

    Boa tarde.
    No site das finanças ao consultar as minhas despesas para deduções à coleta de 2016 não se encontra o valor dos recibos de arrendamento.
    Poderá ser pelo facto de o meu senhorio ter mais de 65 anos e o valor aparece posteriormente na entrega do IRS, ou ele esqueceu de colocar o valor nas finanças?

  10. Filipe roque Reply

    A menos que só coloquem esses valores apos o final das reclamações a 15 de marco e entre esse dia e 31. Não sei, já vejo muita gente a queixar se.

  11. Luísa Gorgulho Reply

    Bom dia, a minha questão é referente às contas poupanças reforma. Ainda não aparece nas deduções. Onde posso verificar/inserir?
    No folheto das finanças aparecem para o ano de 2016 como deduções.

    • Filipe roque Reply

      Ainda ontem liguei meu senhorio que me disse que tem outros inquilinos que se queixaram que as rendas tbm não apareceram. Das duas uma, ou esta a haver algum problema na passagem automática dos valores apurados sem ser do e-fatura ou então não sei.

  12. Fátima Reply

    Obrigada Pedro. O correto então é eu alterar para ‘outros’.

  13. Fátima Reply

    Pedro, a fatura da carta de condução do meu filho foi inserida pelo comerciante como despesa de educação. É mesmo assim? Obrigada

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Como é uma “escola” entrou. Tem de decidir se deixa ficar ou se retira. Não é suposto entrar. É um bug do sustema. Se deixar ficar ele entrará na dedução.

  14. Filipe Roque Reply

    Bom dia,

    Gostaria de saber se as despesas com as despesas com imoveis (vulgo rendas) são suposto aparecer logo quando o quadro mudou para as ditas deduções a colecta no dia 1 de Março, ou apenas quando terminar o tal prazo de reclamação das despesas apresentadas com o e-fatura que penso que é 15 de Março? É que eu tenho o 12 recibos electronicos da renda no site e o ano passado apareceu automaticamente o valor total das rendas de 2016 (só não me recordo em que data) e respectiva dedução (mantem-se tudo igual a 2015), mas este ano ainda não apareceu o valor relativo a 2016 e não sei quando essas despesas são supostas de aparecer. Agradecia alguma ajuda, obrigado e cumprimentos.

      • Filipe roque Reply

        Seriam as moradas divergentes? Que entretanto já corrigi em 2017. Mas já era divergente antes e eles validaram no irs do ano passado. Este ano lembraram-se de implicar?

          • Filipe roque

            Obg Pedro. Em ultimo caso meto mao dia 1 de abril e depois logo se vê. É que vejo muita gente queixar se desde ontem nos sites das noticias que não lhes aparece as despesas das rendas. Talvez fosse bom fazeres umas perguntinhas ao secretario de estado, se há algum problema com o aparecimento automático dessas despesas com imóveis e não só. Cumps.

  15. Cris Reply

    Boa noite!!
    Tenho dois casos em que as rendas não estão aparecer na consulta de deduções à coleta. Num caso as rendas são entregues a um senhorio (particular) e noutro caso as rendas são pagas a uma empresa. Estranho nos dois casos não aparecerem. Será que os valores ainda não foram carregados no sistema? Agradeço seu esclarecimento. Obrigada!

  16. Pedro Andersson
    Pedro Andersson Post authorReply

    Margarida, e tem o seu NIF ou do familiar? Obviamente tem de ter um recibo com o seu NIF. Sem isso não pode colocar. Tem de insistir ou verificar se eles mandaram para as Finanças a informação. Está a perder muito dinheiro nessa dedução.

  17. margarida martins Reply

    olá, em 2016 paguei quase 20.000 E. Apesar da minha insistência ainda não me foi entregue nenhum recibo. Este ano também não. O que posso ainda fazer para deduzir esta despesa no IRS ?

  18. Susana Reply

    Boa tarde,
    Agradecia que me esclarecesse se as despesas com piscinas e ginásios dos filhos, quando acompanhados com receita médica, são classificadas como outros, saúde ou educação?
    Obrigada.

  19. sara Reply

    Bom dia!

    Gostava de saber se este ano ainda é possivel colocar as despesas de saude ou de educação á mão, qunado estivermos a fazer o irs, ou estes dados so podem vir das faturas confirmadas do efatura:

  20. Isabel Cristina Queiros Malheiro Reply

    As facturas dos donativos feitos, como se classifica? Não existe nenhum campo.

  21. Usurpado Reply

    Novidades Via Verde: É necessário enviar uma mensagem à VV indicando que a autorizamos a transmitir dos nossos dados às concessionárias para que estas possam passar as nossas faturas com NIF. sic ” […] Assim, se pretende que as faturas passem a contemplar o NIF, com a consequente comunicação destes dados aos operadores, deverá indicar-nos essa intenção.” in “Apoio ao cliente” : “Perguntas frequentes”
    Entretanto, mudaram-me a pilha do meu “aparelhómetro”, confirmaram que funcionava, pediram-me 10 € e… continuou a dar erro na portagem…
    Grato. U.

  22. Jorge Almeida Reply

    Olá…
    Como apresentar a despesa das botijas de gás que compro todos os meses?
    E no caso de recibos de arrendamento em papel?
    Obrigado!

          • Jorge Almeida

            Agradeço a sua resposta.
            Mas, a dúvida persiste! Continuo sem saber, dentro do sítio do e-facturas, onde encaixar as despesas das botijas (será no “OUTROS”?) e das rendas, como inquilino.
            Elas aparecem e eu tenho que as enquadrar nas despesas certas.
            Obrigado!

          • Pedro Andersson
            Pedro Andersson Post author

            Botijas é outros. As rendas no e-faturas é outros porque não consegue inserir em imóveis. Aparecem no sítio certo só em Março.

  23. Susana Ramos Reply

    E no caso dos seguros de saúde? Eu tenho um da Multicare (companhia Fidelidade) e as respetivas faturas não aparecem como despesas de saúde nem deixa alterar para essa categoria. Sendo de uma instituição privada, não deveria ser possível?

  24. Carlos Reply

    Obrigado
    A minha única preocupação era mesmo se tinha que ser validada obrigatoriamente
    mais uma vez
    Muito obrigado

  25. Joaquim Carlos Caldeira Chiola Reply

    Boa tarde,
    Tenho uma fatura de seguro de saúde para validar no e-fatura, como é possível validar sem CAE de saúde, anteriormente respondeu à Sra. Elsa que o CAE iria aparecer em Março mas o prazo de validade de faturas no e-fatura é 15 de Fevereiro. Pergunto então, como resolver esse problema.
    Obrigado

  26. Elsa Reply

    Boa tarde,
    Os seguros de saúde são inseridos na categoria outros ou saúde?

    Tenho ideia que o ano anterior consegui inserir na categoria saúde, no entanto este ano diz-me que não tem CAE de saúde….

  27. Dedicada_a_poupança Reply

    Boa noite, será que me poderia dizer em que categoria se inserem os seguros de vida? Obrigada pela atençao

  28. Dalia Sequeira Reply

    Bom dia
    Pelo que entendo os reformados deficientes (que antigamente tinham o mesmo direito que os deficientes activos) deixem de poder de usufruir do beneficio do IRS?

  29. Usurpado Reply

    Olá, Pedro. A questão não está esquecida mas como nesta semana tenho que ir à VV por outro assunto (a “loja” mais próxima é a 100 km) vou inquirir pessoalmente sobre a questão. O “meu outro assunto” deve ser certamente a simples mudança de bateria/pilha que deve ficar em 25 €… A ver vamos. Txus, U.

  30. Usurpado Reply

    “Os recibos originais têm o seu NIF?” Já não é deste ano que sim, o documento da Via Verde TEM o NIF mas as facturas das “concessionárias” não me aparecem em lado nenhum… Acho que deveriam estar em “despesas gerais” mas… nada. Faço busca pelo NIF das “concessionárias” (antes até de inserir as facturas) e não obtenho quaisquer informação nem da Via Verde (504656767) Como proceder então? Coloca-se apenas o documento da Via Verde? Antecipadamente agradecido!

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      De cabeça não sei responder. O que lhe disseram quando ligou para a Via Verde?

  31. Usurpado Reply

    A mim irritam-me as portagens que pago em Via Verde. Como sou sou teimoso meto-as todas à mão e olhem que não é fácil. Txus, U

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Está a perder tempo. Os recibos originais têm o seu NIF? Se não têm são anuladas automaticamente…

  32. Luis Reply

    Já que vai entrevistar o sr. secretário de estado, podia por favor perguntar-lhe:

    1- Para quando uma REAL simplificação fiscal que muitos recursos pouparia e tempo a todos nós? Está bem que muitos funcionários públicos deixariam de lamber papel, mas penso que facilmente lhes arranjariam outra ocupação em vez de nos andarem a ESCRAVIZAR neste service que deveria pertencer ao estado.

    2- Já agora se ele considera justo que uma viatura com mais de 30 anos ainda pague IUC. Estas viaturas são já património nacional. Ninguém (ou muito poucos) andam com elas como viatura diária. Se andam é porque o estado lhes leva os recursos com que poderiam comprar uma viatura mais recente. Todas as viaturas com mais de 30 anos, são isso sim património e história deste país.

  33. Antonio Reply

    Tenho uma duvida a minha filha é deficiente no e-fatura onde coloco as sessões de Hipoterapia (reabilitação)

  34. Mariano Reply

    Hoje carreguei o(s) passe(s) para Fevereiro e apesar da novidade que estes irão ter direito à dedução do IVA em 2017, no e-fatura ainda não existe rubrica para os declarar.
    Com a AT temos de ter muita paciência e compreensão!
    Já ao contrário é o que infelizmente todos sabemos…

  35. Anónimo Reply

    Então e os seguros de saude e da casa? Aparecem no e-fatura como despesas gerais, porquê??

  36. paulo teixeira Reply

    E se porventura, o senhorio não inserir as rendas? Podemos ser nós a fazê-lo?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *