Precisa de um eletrodoméstico? Acabei de poupar 93 euros

Mini-dica de poupança nº 12. Publiquei-a há 1 ano. Repito-a para os 47 mil que chegaram entretanto.

Onde comprar eletrodomésticos: Nos grandes ou nos pequenos?

O meu frigorífico deu o berro e tive de comprar outro. Normalmente, há a ideia de que as grandes lojas fazem os melhores preços. Worten, Box, MediaMarkt, Rádio Popular e afins. Vou sempre a essas todas pedir orçamentos para o que quero, mas acabo quase sempre por comprar no comércio tradicional.

O meu processo é sempre o seguinte: depois de perguntar a quem sabe escolho o modelo que quero (seja qual for o aparelho), Com a referência do produto, pesquiso onde é mais barato no KuantoKusta ou equivalente. Com os preços mais baixos “na mão” vou a TODAS as grandes lojas e tomo nota dos preços.

DESCONTO_ELETROS

Depois vou às lojas “tradicionais” na cidade. Acabo quase sempre por comprar logo aí. A explicação é simples: as lojas de bairro não têm de pagar grandes armazéns, publicidade na TV, milhares de folhetos, dezenas de funcionários. E podem sempre negociar o preço, nas grandes lojas a taxa de lucro é imposta pela casa-mãe. No bairro, o dono da loja pode abdicar de alguma margem de lucro para vender.

Uma diferença de 93 € no mesmo produto

A excepção é nas grandes promoções das Worten e afins. Em certos produtos específicos podem ser imbatíveis naquela semana. Portanto, a minha dica é: comparar sempre com as lojas de bairro antes de comprar qualquer eletrodoméstico. Nas grandes propuseram-me todas pelo frigorífico (a mesma marca e modelo) que queria 538 euros, comprei na loja de bairro por 445. Menos 93 euros. Exatamente o mesmo produto.

Passado 1 ano ainda funciona (a dica e o frigorífico).

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.