O que tem na sua mochila de emergência se houver um terremoto?

Esta é a minha.

É simples e não tem tudo (ainda) que deveria ter. Está num dos guarda-fatos mais perto da porta de casa. Se houver um terramoto, como o de Itália,  não sei se terei tempo de agarrar na mochila, não sei sequer se vou dar por alguma coisa, mas sei pelo menos que fiz o que devia ter feito. Mesmo que fique preso em casa, ou alguém da minha família, sei que ali tenho o essencial para 2 ou 3 dias.

20160825_210758

O que tem a minha mochila de emergência?

A minha mochila de emergência tem águas (uma garrafa para cada um), comida enlatada, medicamentos, uma tesoura e um canivete, bolachas maria, cópias dos documentos pessoais, artigos de higiene e uma lanterna, mas ainda me faltam pilhas sobresselentes e também ainda não coloquei um rádio. Tenho de acrescentar o que falta.

E a sua? O que tem e onde a guarda?

Se bem conheço o português típico, não tem. Não é? Vai ser preciso esperar pela tragédia para depois se desenrascar qualquer coisa. “Depois logo se vê”, não é ?

Não. Não é! Se ainda não fez, faça agora. Ainda vai a tempo. Pode fazer a diferença para si e para os seus filhos.

Tem AQUI a página da Proteção Civil com alguns conselhos e o que deve ter na tal mochila.

Faça a sua mochila à sua medida. Não tem de ser tudo chapa 5, mas pelo menos comece por uma caixa. Se estiver à espera de comprar a mochila vai esquecer-se, certo?

Eu aproveitei uma antiga que me ofereceram. Pode ser uma antiga, maltratada, da escola do seu filho…

Uma dica importantíssima sobre os documentos

Se sofrer um incêndio ou ocorrer um terramoto posso perder TODOS os documentos da família, da casa, do carro e de todo o meu património.

Segui há cerca de 3 anos o conselho de um colega meu de trabalho na SIC que digitaliza e guarda TODOS os documentos importantes na “nuvem” (Dropbox, Google Drive, One Drive, etc.). Se não sabe usar a uvem, digitalize ou tire foto e mande por e-mail para si próprio. Se tudo arder ou ficar destruído, quando tiver acesso à internet vai ter lá tudo e vai ver que vai ser tudo mais fácil do que não ter nada.

Espero que estas duas dicas nunca sejam úteis.

Não diga que vai pensar nisso. Faça!

Conselho de amigo.

11b21ee8ed4caf4c3f6192bfa95356d7

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Em caso de catástrofe esta é a mochila de emergência ideal - Contas Poupança
  2. Não é para vos alarmar mas… e se houvesse um sismo? | pipoca.webhs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.